Pular para o conteúdo principal

[Cinema] Um Táxi Para a Escuridão

Na semana em que Barack Obama assume a presidência dos Estados Unidos da América há um sentimento global - especialmente estadunidense - de virar a página, de olhar pra frente, de recomeçar. Mas por mais que o otimismo seja algo positivo, jamais deve-se esquecer o passado - e é justamente por conta disso que documentários como Um Táxi Para a Escuridão (Taxi to the Dark Side, 2007) são tão relevantes.

O filme de Alex Gibney, que já havia cutucado cascas de ferida em Enron - Os Mais Espertos da Sala, faz um registro de um dos mais lamentáveis momentos da administração de George W. Bush: a denúncia dos abusos praticados nas prisões controladas pelos Estados Unidos fora de seu território.

Os filmes Fantasmas de Abu Ghraib e Procedimento Operacional Padrão já haviam feito exatamente o mesmo. Porém, o vencedor do Oscar de Melhor Documentário em 2008 tem algumas preocupações que o distanciam dos outros. Pra começar, o filme, apesar de condenar claramente a tortura, faz o que todo bom documentário deve fazer, que é buscar os dois lados do problema. Não apenas entrevista presos e jornalistas, mas também os militares e defensores dessas práticas condenadas pelo Acordo de Genebra (oficialmente sancionado pelos EUA). Além disso, o filme também humaniza o problema. Não somos apresentados mais uma vez ao caso de um grupo de carcereiros militares que humilhava, torturava e fotografava seus presos. Já conhecemos bem os acusados. Um Táxi Para a Escuridão já começa nos oferecendo um nome: Dilawar.

Motorista de táxi, sujeito honesto e trabalhador, Dilawar um dia saiu de sua casa no Afeganistão para levar passageiros a uma cidade vizinha. Nunca mais voltou. Foi parado pela polícia militar dos EUA e levado para a prisão de Abu Ghraib, onde foi espancado, pendurado pelos pulsos e privado de sono durante alguns dias. Dilawar não aguentou. Morreu na cadeia sem nunca ter sido acusado de qualquer crime (acredita-se que os militares imaginavam que o taxista tivesse alguma conexão com a Al Qaeda ou o Talebã).

Dilawar, o equivalente individual às tais fábricas de armas químicas que o governo Bush jurava que existiam no Iraque, é apenas um entre tantos em Abu Ghraib que é espancado sem sequer saber os motivos de seu encarceramento. Se a "polícia do mundo" age desse maneira é claro que os Estados Unidos preferem que páginas sejam viradas e o mundo esqueça o caso. Muito pelo contrário: ocorrências como essa precisam ser lembradas, revertidas e cuidadas para que nunca mais ocorram.

Curiosamente, Um Táxi Para a Escuridão - que também estende sua abrangência à prisão de Guantânamo - não sofreu qualquer censura governamental, o que iria radicalmente contra a constituição do país (que só funciona para os seus). A Motion Picture Association of America (MPAA), porém, órgão que classifica os lançamentos de cinema nos EUA, proibiu de circular nos cinemas dos EUA o pôster do documentário. No cartaz, dois oficiais conduzem um preso encapuzado e suas sombras formam as listras da bandeira do país. No comunicado oficial, a MPAA disse que "trata todos os filmes da mesma forma. Anúncios serão vistos por todas as pessoas, inclusive crianças. Se o anúncio não é aconselhável para todas elas, não será aprovado".

Crianças ou não, imagino que seria no mínimo recomendável que elas também se chocassem com certas atitudes do país em que vivem... A família de Dilawar, afinal, teve que lidar com imagens muito piores que a colorida, ainda que dura, arte promocional de um filme.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

O que são adivinhas, advinhações, o que é o que é, folclore, humor, cultura popular
Adivinhas: humor e desafioO que sãoAs adivinhas, também conhecidadas como advinhações ou "o que é, o que é" são perguntas em formato de charadas desafiadoras que fazem as pessoas pensar e se divertir. São criadas pelas pessoas e fazem parte da cultura popular e do folclore brasileiro. São muito comuns entre as crianças, mas também fazem sucesso entre os adultos.Alguns exemplos de adivinhas:- O que é que é surdo e mudo, mas conta tudo?
Resposta: o livro- O que é o que é que sempre se quebra quando se fala?
Resposta: o segredo- Ele é magro pra chuchu, tem entes mas nunca come e mesmo sem ter dinheiro, dá comida a quem tem fome?
Resposta: o garfo

- O que é que passa a vida na janela e mesmo dentro de casa, está fora dela?
Resposta: o botão- O que é o que é feito para andar e não anda?
Resposta: a rua- O que é o que é que dá muitas voltas e não sai do lugar?
Resposta: o relógio- Qual é a piada do fotógr…

Frases de Amor e Frases Românticas

Frases de Amor e Frases Românticas, belas palavras de carinho, frases perfeitas para você se declarar ao seu amor. Agrade quem você ama com essas belas frases de amor, de amizade, de carinho…



“Ainda que nas noites frias e solitárias, sinto o vento me acariciar, mas ao mesmo tempo me lembro de você ao meu lado a me amar…”
Roberto Klaro



“Um dia ousei sonhar um amor, e nos seus braços senti paz, na imensidão do seu prazer me realizei, e então acordei desse sonho fora da lei!”
Adriana Mallet



“A velocidade do amor é proporcional às concentrações de respeito, humildade, alegria, amizade, sinceridade e compromisso presente na vida de cada um de nós, multiplicada por uma constante essencial em nossos corações: a capacidade de amar.”
Edilene Gadelha



“Ao tocar seu coração pude sentir algo diferente acontecer,forte como um vendaval e lindo como um amanhecer.”
Alan Capato



“Se tudo o que existe no mundo possuísse uma fonte de energia, com certeza a minha seria você.”
Willians Levi

“O verdadeiro amor não traz…

Cronologia (1960 – 2008)

---------------------------------------------------------------------

1960

---------------------------------------------------------------------







13.fev.1960 - A França explode sua primeira bomba atômica.

14.fev.1960 – Um grupo de sobralenses funda o Rotary Clube de Sobral. Sua primeira diretoria estava assim constituída – Presidente: José Silvestre Saboia de Albuquerque (Zeca); Vice-presidente: José Mendes Mont’Alverne (Dr. Zé Alverne); Secretário: Armando Homem de Siqueira; Tesoureiro: Raul Vieira Lima; Diretor de Protocolo: Antonio Albuquerque Lopes; Diretores sem pasta: Edmundo Monte Coelho e José Walmir Frota.

05.mar.1960 - Após dois anos servindo o Exército, Elvis Presley retorna à vida civil.

02.abr.1960 - Em acordo assinado com a França, a ilha de Madagascar torna-se um Estado independente dentro da comunidade francesa.

03.abr.1960 - Uma coligação entre radicais e conservadores ganha as eleições gerais no Chile.

04.abr.1960 - É realizada a entrega do Oscar nos EUA. Foram agraciados …