Marcelinho: "Eu fui cruzar, mas a bola acabou entrando"

Após marcar um golaço de falta na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o meia-atacante Marcelinho assumiu que não gostaria de chutar a bola direto, no lance que originou seu tento.

Quando foi questionado sobre suas intenções quando cobrou a falta da meia esquerda de ataque, Marcelinho foi sincero. "Eu fui cruzar, mas a bola acabou entrando no ângulo. Então ta bom! O importante é gol", disse o jogador ao canal SporTV.

O jovem jogador, porém, preferiu não se comparar com Marcelinho Carioca que já fez muito sucesso com as bolas paradas no Corinthians e vestia a mesma camisa 7. "Eu não bato muito falta. Só cobrei porque o batedor não estava em campo, mas do jeito que o Marcelinho (Carioca) bate é só ele e o Beckham. O importante mesmo é que a gente saiu com a vitória", comemorou o homônimo de um dos maiores ídolos corintianos da história.

Companheiro de Marcelinho no Corinthians, o atacante Boquita disse que jogar no Pacaembu foi uma de suas maiores emoções no futebol. "Nunca tinha jogado em um Pacaembu tão cheio, foi uma das maiores emoções pra mim", revelou o jogador.

Boquita, aliás, tem jogado com o nariz quebrado na série eliminatória da Copinha. Mas as dores, porém, não preocupam o jovem atacante. Quando foi perguntado se ele vai jogar a final de nariz quebrado, Boquita respondeu: "Vamos assim mesmo. Só depois do dia 25 a gente opera", disse em alusão a data da final.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas