Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

Livro Que Recomendo

Sete anos antes, às vésperas de seu casamento, Jessica testemunhou sem querer uma cena íntima protagonizada por um casal, ao ar livre. Ainda que se sentisse estranha naquela posição de voyeur, ela ficou magnetizada, sem conseguir sair do lugar. Mesmo sem compreender os motivos, ela se viu completamente excitada, e a cena com aquele homem povoou seus sonhos por muito tempo: Alistair era o nome dele. Durante os anos de um casamento sem grandes marcos, a imagem de Alistair continuou alimentando a imaginação de Jessica, provocando sonhos e fantasias que ela não ousava contar para ninguém. Agora Jess passava por momentos decisivos. Viajar para o Caribe a fim de recomeçar a vida parecia ser a melhor coisa a fazer. Tendo perdido o marido um ano antes, decide fazer a viagem e acaba encontrando Alistair no mesmo cruzeiro…. E os sete anos de prazeres negados pareciam agora detidos apenas por algumas finas camadas de seda… e a certeza de que já haviam esperado o bastante. Diferenciais/Comentário…

Diário de Vida

Perfeito em lembrar os quantos anos de minha vida no qual eu sei muito bem dessa performance de sua pessoa para com objetivo principal dessa minha pessoa no qual sabemos muito bem do quantos motivos fazem saber que sou apenas para com você e nunca entendi minha querida sobre os votos para contigo, e soube o bons motivos de como eu sinto nas verdades sobre esse principio físico de minha ilusão e chegar aqui muito bem são ótimos em realizar o verdadeiro sentido de minha alma somos todos em um propósito nunca tanto para falar essa grande admiração por sua pessoa chegando sempre nessa sensacional ilustração o quanto estou lhe amando ardentemente meu amor e fico assim observando para com você meu amor e desde o primeiro toque em vossa direção foi que entendi muito bem que sou capaz de amar e por uma bela razão sei que estou preparado para conduzir essa vida.

Nunca Amei

Quanto tempo sentido essa bela amostra do seu amor para comigo minha querida menina foi que nas principais emoções de se ter você foi com certeza minha doce lembrança do seu primeiro sorriso em minha direção e nas pacatas sensações do que significa para eu amar com tamanha precisão meu anjo,  e desde o primeiro dia do que eu ouvi o sopro do ar nas suas respirações transgredido os pedidos de súplicas alheias ao tamanho desejo de dizer para o vosso coração o que senti por mim, entendo os seus divinos momentos no qual o propósito de sua estar com sua pessoa meu amor faz crescer nessa minha convicção o aperitivo por tamanho conhecimento por ti menina me faz perceber o justo momento de tamanha sinceridade em seus olhos crescentes nessa verdade depositada na capacidade de lhe amar e foi se assim os passos de um homem para com sua confiança nas palavras pelo qual se possa descrever em uma realidade constante na vida de todos em que se conhecem muito bem e por uma simples razão, entretanto fa…

E-book: Senhora

Este livro. como os dois que o procederam, não são da própria lavra do escritor, a quem geralmente os atribuem. A história é verdadeira; e a narração vem de pessoa que recebeu diretamente, e em circunstâncias que ignoro, a confidência dos principais atores deste drama curioso. O suposto autor não passa rigorosamente de editor. É certo que tomando a si o encargo de corrigir a forma e dar-lhe um lavor literário, de algum modo apropriar-se não a obra mas o livro.
DOWNLOAD

Cercado de Serpentes

No porto de Maracaíbo (Venezuela), um homem negro subiu sorrateiramente a bordo do navio e escondeu-se no porão. Queria viajar como passageiro clandestino para a sua terra. No porão onde o negro se escondeu, havia um carregamento de serpentes que estavam sendo transportadas para o Instituto Butantã, em São Paulo. Eram centenas de cascavéis e outras cobras venenosas, fechadas em grandes cestos. Em outro canto havia caixas com ratos, sapos, coelhos para alimentar as cobras. Lá pelas tantas um oficial da tripulação percebeu surdo rumor no porão. Chamou alguns companheiros, abriu cuidadosamente a tampa e, com auxílio de uma lanterna, iluminou o interior do porão. O que viu? Alguns cestos estavam abertos. As cobras tinham escapado e se arrastavam para cá e para lá. Um homem estava assentado em cima de uma caixa, imóvel e rijo, cercado por elas. Que acontecera? Aquele homem pensou que os cestos estavam cheios de bananas. Para matar a fome, abriu alguns deles. Dentro havia serpentes venenosas…