quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Loiraça invade o gramado do Pacaembu e quase tira a roupa

Os torcedores corintianos não saíram satisfeitos do Pacaembu após o empate, por 1 a 1, contra o Botafogo, na noite desta quarta-feira, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas após o jogo até que o clima ficou animado.

Uma loira, visivelmente fora de si, invadiu o gramado e esteve bem próxima de realizar um strip-tease. A mulher estava pronta para tirar seu top, quando os policiais chegaram e evitaram a cena, para tristeza dos marmanjos.

A informação é do repórter da Rádio Jovem Pan, Márcio Spinpolo. O que ninguém sabe é por onde a loira entrou no gramado, uma vez que ela não conseguiria pular o alambrado.

Fonte: FI

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Corinthians é o dono do maior faturamento de 2009

O Corinthians é o clube brasileiro que mais faturou na última temporada. De acordo com um estudo realizado pela empresa de auditoria e consultoria Crowe Horwath RCS, o Timão movimentou R$ 181 milhões, cerca de R$ 5 milhões a mais do que o Internacional, segundo colocado no ranking de receitas. Reflexo da reestruturação do futebol corintiano, incluindo a volta à Série A e a conquista de dois títulos e, claro, da presença do atacante Ronaldo Fenômeno, que fez explodir as receitas de bilheteria e patrocínio.

- Alguns (clubes) não apresentaram o balanço e por isso não aparecem no estudo. Além disso, o exercício 2010 não terminou. Por esse motivo o estudo analisa até 2009, período que está consolidado - explicou o consultor Amir Somoggi, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.

São Paulo, Palmeiras, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio vêm na sequência, com faturamento acima dos 100 milhões de reais. Números baseados nos balanços oficiais publicados pelos clubes. Para Somoggi, os números alcançados pelos sete primeiros clubes que mais faturaram o fazem grandes, pelo menos, em termos de mercado.

- Claro que para o torcedor o seu clube é sempre grande. Mas, se deixarmos de lado a paixão e considerarmos os resultados, creio que podemos chamar de grandes aqueles que apresentaram receita acima dos R$ 100 milhões - afirmou.


Em contrapartida, os desmandos administrativos dos últimos anos colocam os quatro grandes do Rio de Janeiro como líderes no ranking dos endividados. Pela ordem: Fluminense (R$ 329 milhões), Vasco da Gama (R$ 327 milhões), Botafogo (R$ 317 milhões) e Flamengo (R$ 308 milhões).

Outros dados interessantes são apontados pela pesquisa da RCS. A partir de 2003, início da era dos pontos corridos no futebol brasileiro, a receita total dos departamentos de futebol dos principais clubes do país aumentou em 140%: juntos tinham receita de R$ 805 milhões, número que saltou para R$ 1,9 bilhão no ano passado.

Após a consolidação dos números de 2009, a expectativa é de que o total de receita fique na casa dos R$ 2,1 bilhões.

Fonte: G1

Dentinho e Chicão treinam em separado e são vetados

O atacante Dentinho e o zagueiro Chicão treinaram em separado do restante do grupo do Corinthians e foram vetados pelo técnico Adílson Batista da partida contra o Botafogo, às 22h desta quarta-feira, no Pacaembu. O volante Ralf, por sua vez, treinou normalmente e dependerá de um papo com o comandante para saber se entrará em campo.

Sobre Dentinho e Chicão, Adílson deu a entender que eles podem nem estar em campo no duelo contra o Ceará, no próximo sábado, também no Pacaembu.

- Eles ainda estão com o Caio e o Bruno [fisioterapeutas], depois passam para o Dudu [preparador-físico] para depois trabalharem com a gente. Não vou colocar prazo. O Dentinho precisa de mais alguns dias, o Chicão, de um pouco mais de tempo.

Com a ausência de Chicão, os zagueiros Leandro Castán e Thiago Heleno disputam a vaga deixada por Paulo André, expulso contra o Inter no último domingo. Castán leva vantagem por estar treinando há mais tempo, mas Adílson, como de costume, manteve o mistério.

Fonte: Uol

Frase do Dia

Sabe amor as palavras sao apenas explicação para o grande enigma que é o sentimento do coração as vezes você senta e fica pensado na vida, mas ao seu lado será sempre mais fácil.

Paulo

Adilson faz mistério, mas Ralf e Thiago devem jogar

Como acontece a cada rodada do Campeonato Brasileiro, Adilson Batista faz mistério para revelar a escalação do Corinthians. Em treinamento secreto, nesta terça-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, o técnico testou Thiago Heleno e Ralf como titulares, mas não quis confirmá-los para encarar o Botafogo, quarta-feira, às 22h, no Pacaembu.

No momento que o clube liberou a entrada da imprensa, os jogadores trabalhavam como titulares da equipe. Thiago Heleno é o provável substituto de Paulo André, expulso na derrota por 3 a 2 para o Internacional, domingo, em Porto Alegre. O zagueiro, indicado ao Timão por Adilson, passou duas semanas com problemas estomacais e deve ter nova oportunidade. A outra possibilidade é Leandro Castán.

- Pode jogar o Thiago ou o Castán. Não vejo problema nenhum. E se jogarem os dois? - desconversou o treinador.

Adilson Batista não quis também garantir a escalação de Ralf. O volante vinha se recuperando de um problema no tornozelo esquerdo, sofrido no dia 11 de setembro, contra o Grêmio, em São Paulo. Caso ele se escalado, Paulinho voltará para o banco de reservas. Elias, Jucilei e Bruno César estão garantidos.

- O Ralf trabalhou e vou aguardar o pós treino. Às vezes, o atleta sente um incômodo e não está seguro. Vamos conversar à noite e amanhã para definir se ele joga ou não - completou o comandante alvinegro.O Corinthians deve jogar com: Julio Cesar, Alessandro, Thiago Heleno, William e Roberto Carlos; Ralf (Paulinho), Jucilei, Elias e Bruno César; Jorge Henrique e Iarley.

Fonte: G1

Vanessa minha vida

Estar apaixonado é fazer algo que nosso sentimento ira sempre além do esperado;
É viver em cada dia um aventura nova e detalhadamente uma situação;
Proteger o amor acima de tudo, deixar muitas saudades em outros seres;
Fazer tudo acontecer e beijar o amor no final do amanhecer;
Saber muito da amada é fazer-se dela sua eterna adoração;
Esquecer os frutos proibidos e beber a fonte da fidelidade;
Meu anjo caido que me faz sempre feliz;
Ouço seu nome a cada pensamento e gesto;
Vanessa minha vida e minha amiga;
Namorada e fiel companheira;
Flor do meus dias e noites;
Apaixonado admiro ti logo afim de cada delirante anoitecer.


Paulo

Confissão

Vanessa nenhuma lugar nesse mundo é capaz de separar - nos, os dias passam e outros logo firam a cada segundo tenho certeza de que ti amo muito.

Paulo

Frase do Dia

Momentos são passageiros, mas o sentimento que fica com cada passagem do tempo com uma determinada pessoa serão fundamentais ou não para algo duradouro.


Paulo

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Defederico espera mais uma oportunidade

O meia argentino Defederico chegou ao Corinthians, em agosto do ano passado, com status de estrela. Foram negociações prolongadas, cheias de idas e vindas, apresentação com pompa no Pacaembu. O Timão pagou US$ 5 milhões (R$ 8,5 milhões em valores atuais) na esperança de ter achado um novo Tevez. Ficou só na promessa. O jogador, que havia brilhado no Huracán-ARG, até chegou a ter uma sequência de jogos no fim do Brasileirão 2009. Começou a Taça Libertadores desta temporada como titular, mas logo voltou para o banco. Atualmente, não tem sido sequer relacionado para alguns confrontos. Agora, espera poder engatar partidas consecutivas para tentar, enfim, se firmar. Admite se sentir incomodado por ainda não ter conseguido.

Mano Menezes, treinador que deu as primeiras chances ao argentino, o achava muito franzino. Para piorar sua situação, Defederico viu Dentinho e Jorge Henrique jogando muito bem. Ele foi ficando para trás.

- Acho que ainda não dei certo por um monte de circunstâncias. Terminei o ano passado bem, com sequência de jogos importante. Mas neste ano não tenho conseguido jogar. Por ser um meia, preciso de ritmo para adquirir a confiança dos companheiros - afirma, em entrevista à “Rádio Globo”.

Defederico só espera que quando tiver nova oportunidade que seja em sua posição: no meio de campo e não como atacante. Se possível, por um tempo maior.

- Às vezes é difícil entrar faltando 15 minutos para terminar o jogo, com o time perdendo, como tem acontecido. Ainda mais atuando como atacante, que não é a minha posição.

O argentino assegura não ter nenhum tipo de mágoa de Mano Menezes, com quem trabalhou no ano passado. Muito menos de Adilson Batista, atual comandante corintiano. Ele admite que não foi bem quando teve suas oportunidades e, por isso, não merecia mesmo se tornar titular do Timão.

- O Mano me deu as primeiras chances. Sempre vou lembrar disso. Comecei a Libertadores como titular, não fui bem. Vocês sabem como é o Corinthians: a cobrança é grande e o treinador tem de trocar. Depois disso, quando tive possibilidade de sequência de jogos, não consegui aproveitar.

Apesar de todos os problemas, o argentino jura que não pensa em deixar o Parque São Jorge. Ele ainda tem esperança de se destacar no Corinthians.

- Eu só posso agradecer o apoio dos torcedores. Quando estou no banco, pedem para eu entrar. Peço desculpas por ainda não ter demonstrado o futebol que sei que posso jogar. Não quero sair. Pretendo crescer como jogador aqui.

Fonte: G1

Frase do Dia

Vivia por viver, mas hoje apenas quero ter você.


Paulo

Médicos 'congelam' pacientes para cirurgia cardíaca

Técnica é inspirada em caso de esquiadora que sobreviveu sem sequelas depois de seu coração ter parado por mais de 3 horas.

Médicos nos Estados Unidos estão usando uma técnica revolucionária que congela os pacientes até um ponto em que eles poderiam ser considerados mortos para depois submete-los a cirurgias cardíacas complicadas.

A técnica, usada no Hospital New Haven da Universidade de Yale, induz a hipotermia reduzindo a temperatura do corpo do paciente dos 37 graus normais para apenas 18 graus centígrados.

"O corpo está essencialmente em real estado de animação suspensa, sem pulso, sem pressão, sem sinais de atividade cerebral", explica o médico John Elefteriades.

A baixa temperatura do corpo permite que os cirurgiões tenham tempo para realizar a operação reduzindo o risco de danos ao cérebro e outros órgãos e diminuindo a necessidade do uso de anestésicos e máquinas.

Depois da operação, o corpo do paciente é lentamente aquecido e seu coração, estimulado com um desfibrilador




Cirurgia com indução de hipotermia (Foto: BBC Horizon )

Recuperação Milagrosa

Em medicina, técnicas revolucionárias frequentemente surgem após acidentes. Onze anos atrás, Anna Bagenholme, uma esquiadora de 29 anos caiu por um buraco no gelo na Noruega.

Anna Bagenholme sobreviveu após parada cardíaca de mais de três horas

Seu coração parou de bater por mais de três horas e sua temperatura corporal caiu para 13.7 graus centígrados.

Esta foi a mais longa parada cardíaca da história, e com a temperatura mais fria já registrada.

Bagenholme parecia morta, mas os médicos que a atenderam sabiam que o frio que tinha feito seu coração parar também poderia ter preservado seu cérebro. Eles decidiram então seguir com a ressucitação e começaram a aquecê-la lentamente.

Após algum tempo, o coração da esquiadora voltou a bater e três semanas mais tarde, ela abriu os olhos pela primeira vez e começou uma recuperação lenta e gradual.

O fato de ela ter sobrevivido sem seqüelas alterou o conceito de vida e morte e permitiu que os médicos tentassem manipular esse processo para salvar outros pacientes.

'Técnica fascinante'
Em circunstâncias normais, quando há necessidade de parar o coração para a realização de uma cirurgia, os médicos usam uma máquina coração-pulmão para substituir as funções do órgão durante a operação.

Mas em alguns casos, o uso dessa máquina não é possível e a técnica de hipotermia está se provando uma boa alternativa.

"É a técnica mais fascinante que já vi em medicina e, a cada vez, parece um milagre ela funcionar", diz Elefteriades.

Esmail Dezhbod, de 59 anos, precisava de reparos complicados em veias em torno de seu coração para impedir o rompimento fatal de um aneurisma na aorta.

Em seu caso, as cirurgias tradicionais não podiam ser realizadas sem que houvesse danos cerebrais e o doutor Elefteriades optou pela indução de hipotermia.

Os riscos eram enormes, mas não havia alternativa melhor e a aposta deu certo, com o paciente sendo reanimado com sucesso após a cirurgia.

"Eu tenho dor, não é fácil. Mas sei que o fim será feliz e sei que meu problema foi resolvido", disse Dezhbod.

Fonte: BBC

Pele de menina britânica se desprende 14 vezes ao dia

Garota de 5 anos de idade é portadora de anomalia genética rara. Ictiose lamelar é doença crônica caracterizada por descamação.


Annabelle Whitehouse leva uma vida normal, embora tenha de passar cremes e trocar bandagens com frequência (Foto: reprodução Mail Online)
Annabelle Whitehouse, uma menina de 5 anos de idade, é portadora de uma doença genética rara que faz sua pele desprender 14 vezes ao dia. Por causa da anomalia, ela é obrigada a usar bandagens permanentemente. A garota, que vive no oeste da Inglaterra, foi diagnosticada com ictiose lamelar, uma dermatose (moléstia da pele) caracterizada pela formação de massas epidérmicas semelhantes a escamas de peixes.
A doença é crônica. Geralmente, a criança nasce como se estivesse envolta em uma membrana constritiva transparente que cobre todo corpo, chamada membrana colódia. Annabelle tem de se tratar com cremes especiais, aplicados em seu rosto e mãos – mais expostos ao ambiente – a cada 30 minutos. Ela também usa bandagens, que são trocadas quatro vezes ao dia, informa o site do jornal britânico “Daily Mail”.
Annabelle passou por orientação psicológica e, segundo seus pais, tem levado uma vida relativamente normal – o que inclui aulas de balé.
Fonte: G1

Gene defeituoso pode ser a causa da enxaqueca, diz estudo

Falha no gene Tresk faz com que fatores do ambiente ativem áreas do cérebro que controlam a dor.

Uma pesquisa britânica revelou que um gene defeituoso pode ser a causa das dores de cabeça características da enxaqueca. Os cientistas envolvidos na pesquisa acreditam que a descoberta pode levar a novos tratamentos para a doença.

Segundo o estudo publicado na revista Nature Medicine, o mau funcionamento de um gene conhecido como "Tresk" faz com que fatores do ambiente ativem áreas do cérebro que controlam a dor, causando a enxaqueca.

A equipe responsável pela pesquisa, formada por especialistas de diferentes países, utilizou amostras de DNA de pessoas que sofrem da doença e de seus familiares.

Segundo o pesquisador da Universidade de Oxford Zameel Cader, que participou do estudo, o gene Tresk estava inativo nos pacientes, o que causava a enxaqueca. "O que nós queremos é encontrar um remédio que ative o gene", disse Cader à BBC.

"Estudos anteriores haviam identificado partes do nosso DNA que aumentam o risco na população em geral, mas eles não haviam encontrado genes que pudessem ser diretamente responsáveis pela enxaqueca", afirmou Cader.

"O que nós descobrimos é que a enxaqueca parece depender do quão estimuláveis são os neurônios em partes específicas do cérebro".

Estima-se que uma em cada cinco pessoas sofra de enxaqueca. Em vários casos, a dor de cabeça vem acompanhada de náusea e de sensibilidade à luz. Em outros, ela é precedida por um distúrbio sensorial conhecido como aura, identificado pela percepção de uma luz ou de um cheiro estranho.

"(A descoberta) abre avenidas para se planejar novas pesquisas que poderão, então, levar a novos tratamentos, mas certamente este será um longo caminho", diz o médico Aarno Palotie, do Wellcome Trust Sanger Institute.

Fonte: G1

Ronaldo segue fora; Ralf e Chicão podem voltar

O Corinthians voltou aos treinos na tarde desta segunda-feira após a derrota por 3 a 2 para o Internacional, no Beira-Rio. Apesar de não ganhar novos problemas por contusão, o técnico Adilson Batista ainda não poderá contar com Ronaldo para o jogo contra o Botafogo, na quarta-feira, às 22h, no Pacaembu. O jogador fez apenas fisioterapia e, com isso, está descartado para o confronto.

Quem também exige um acompanhamento de perto é Roberto Carlos. Apesar de estar jogando, o atleta segue com um incômodo na coxa direita, fato que tem obrigado o treinador a substituí-lo durante as partidas como forma de poupar o veterano lateral-esquerdo.

Por outro lado, a expectativa está em torno das voltas do zagueiro Chicão e do volante Ralf. A dupla, ao lado de Dentinho, treinou separada no campo, mas realizou todos os exercícios e, aparentemente, deve ser liberada para a partida contra o Botafogo.A maior parte dos jogadores fez apenas um treino de recuperação em um dos campos do CT Joaquim Grava. Os titulares optaram por corridas leves, enquanto os reservas fizeram uma atividade em meio-campo. Um pequeno grupo, no entanto, como os meio-campistas Elias e Jucilei, preferiu ficar na sala de musculação.

Para o jogo desta quarta-feira, no entanto, o treinador do Corinthians terá de mudar a sua defesa, já que o zagueiro Paulo André foi expulso contra o Internacional e terá de cumprir suspensão. Com isso, caso Chicão seja novamente vetado, Thiago Heleno deve ganhar a primeira chance como titular e atuar ao lado do capitão William.

Fonte: Uol

Te Amar




Tirinhas


Tiririca - Leite Ninho

Tirinhas


Governo e oposição da Venezuela dizem ter vencido pleito parlamentar

Governo perdeu maioria qualificada, mas ainda é majoritário na Assembleia. Chávez vê 'socialismo aprofundado', e opositores celebram representação.

A reação não é das mais comuns após uma eleição, mas, a considerar os discursos do governo e da oposição depois da publicação dos resultados da votação do domingo (26), na Venezuela, todos ganharam e ninguém perdeu. As primeiras declarações tanto dos chavistas do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) quanto dos partidos opositores foram de comemoração pelos resultados, considerados uma vitória pelos dois lados.

Os candidatos ligados ao presidente Hugo Chávez ganharam a maioria das cadeiras da Assembleia Nacional, que foi escolhida nessas eleições. O PSUV elegeu 95 dos 165 deputados, e manteve a maioria no Parlamento. A oposição, em contrapartida, conquistou 61 lugares no Congresso do país, e conseguiu retirar do governo a maioria qualificada de mais de dois terços da Casa -também chamada, simplificadamente, de 'maioria absoluta' por analistas e jornalistas locais-, que permitia a Chávez fazer as principais mudanças nas leis do país sem ter de negociar.

Até o meio dia desta segunda-feira (27) ainda não havia sido finalizada a contagem dos votos, e sete vagas da Assembleia continuavam indefinidas.




Eleita, a candidata oposicionista Mara Corina Machado posa para fotos com eleitores. (Foto: AP)

Logo que foi divulgado o primeiro boletim oficial do Conselho Nacional Eleitoral, durante a madrugada, o presidente Hugo Chávez declarou que a vitória do seu partido foi suficiente para aprofundar o socialismo no país." Segundo o presidente, o resultado foi "uma nova vitória do povo", e ele parabenizou a todos os eleitores.

Durante a tarde do dia da eleição, Chávez havia declarado que todos os votos seriam respeitados e que o governo aceitaria o resultado das urnas. O presidente convocou uma entrevista coletiva para a tarde desta segunda-feira, no Palácio presidencial de Miraflores, em Caracas.


Chavistas celebram o resultado eleitoral na madrugada desta segunda-feira (27). (Foto: AP)

Volta da Oposição

Enquanto Chávez comemorava a manutenção de uma maioria simples no Parlamento, a oposição comemorava sua volta ao Poder Legislativo depois de cinco anos. Na eleição de 2005, os partidos de oposição do país boicotaram a votação numa tentativa de deslegitimar o governo Chávez. A medida fez com que os opositores não tivesses nenhuma força parlamentar desde então.

"Não tínhamos nenhuma representação, e agora temos mais de um terço dos votos da Assembleia", comemorou uma diretora de campanha da oposição, em entrevista ao G1.

Além da conquista de vagas no Parlamento, a oposição declarou ter saído vitoriosa na contagem geral dos votos nacionais.

Segundo a Mesa da Unidade, organização que agrupa os partidos de oposição, o grupo conquistou 52% dos votos totais da eleição. "No voto popular para a Assembleia Nacional, os candidatos apresentados pela Unidade receberam 52% dos votos", disse Ramón Guilherme Azerdo, líder da oposição.

Mesmo com mais votos, a oposição conquistou menos cadeiras na Assembleia porque a votação no país é feita por representação regional. Os opositores conseguiram votações expressivas em regiões mais populosas, enquanto o governo foi mais votado em mais regiões com menos pessoas.

A oposição voltou a denunciar, na manhã de segunda-feira, a mudança na lei eleitoral que permitiu essa forma de representação na Assembleia. Por mais que a estrutura da votação tivesse sido definida na constituição do país, da qual a oposição fez parte, os opositores acusaram o governo de acelerar a mudança para se favorecer na eleição deste ano. O governo diz que era o momento adequado de incorporar algo que está na lei do país.

Os novos deputados assumem seus cargos daqui a três meses, e a oposição promete fiscalizar o governo para evitar que o presidente Chávez tente acelerar mudanças no país aproveitando que ainda tem maioria absoluta na Assembleia.

Demora e Ressaca

Apesar de uma grande discussão ideológica e partidária estar ligada à eleição na Venezuela, o clima político praticamente desapareceu das ruas um dia depois da votação. O G1 constatou que não há movimentações relacionadas às eleições na região central de Caracas, capital do país, que parece estar em ressaca política.

Mesmo na imprensa local, o processo de discussão das eleições se dá de forma lenta, se recuperando de uma longa madrugada de espera pelos resultados.

O primeiro boletim do Conselho Nacional Eleitoral com resultados da votação foi divulgado durante a madrugada, mais de oito horas após o fim da votação. Declarações anteriores do CNE indicavam que poderiam ser divulgados resultados até duas horas após a votação, mas o processo foi muito mais demorado para só divulgar números após haver resultados definitivos.

Participação

Além da comemoração partidária de conquistas na eleição, governo e oposição comemoram a grande participação de eleitores na escolha da Assembleia. Quase 70% dos 17,5 milhões de pessoas habilitadas a votar participaram, um total de quase 12 milhões de votos.

Trata-se de um número recorde para eleições legislativas. Na votação de 2005, quando a oposição fez o boicote, apenas 255 da população votou. Em 2000, a participação ficou em torno de 50%.

Fonte: G1

Tirinhas


Valeska Popuzada











domingo, 26 de setembro de 2010

Primeiro Hino do Sport Club Corinthians Paulista


Lutar… Lutar…
É nosso lema sempre, para a glória.
Jogar… Jogar…
E conquistar os louros da vitória.
E proclamar nosso pendão.
É alvinegro e sempre há de brilhar.

Lutar, viril
Para a grandeza e glória do Brasil.

CORINTHIANS… CORINTHIANS…

A glória será teu repouso
E nós unidos sempre…
Elevaremos teu nome glorioso.






Compositores: Eduardo Dohmen e La Rosa Sobrinho

Brasil convence e derrota a Espanha no Mundial

Julio Velasco, argentino de nascimento, italiano por adoção e atualmente espanhol por opção. Este cidadão do mundo foi o principal responsável pela dificuldade que a Seleção Brasileira teve para vencer a Espanha, neste domingo, por 3 sets a 1 (parciais de 30-28, 21-25, 25-20 e 25-19), pela segunda rodada do Grupo B do Campeonato Mundial da Itália.

A próxima partida dos brasileiros será um novo difícil desafio. A Seleção de Bernardinho pega Cuba, líder do grupo, neste segunda-feira, às 16h.

O Jogo

O técnico, que tem no currículo dois títulos mundiais e cinco Ligas pela Azzurra, modificou bastante a formação da Fúria, que equilibrou o duelo com Cuba na véspera. Um deles foi Marlon Palharini, brasileiro naturalizado. As trocas confundiram o time verde-amarelo.

A primeira parcial teve os europeus no comando desde o início. A vantagem, que chegou a três pontos, só não foi maior pois os espanhóis erraram três contra-ataques e o bloqueio do Brasil foi primoroso. Apenas Rodrigão marcou cinco pontos neste fundamento. No fim, a Espanha abriu 24 a 21. E não fechou. E isso é fatal contra um time bicampeão mundial, que numa virada sensacional fechou em 30 a 28.

No banco, Velasco pediu para que mantessem o ritmo e a calma. E quem poderia imaginar uma Espanha entregue após o revés se enganou. De cara, abriu 7 a 2, contando com vários erros de ataque do Brasil. Bernardinho trocou Vissotto por Théo, mas, sem o passe na mão, Bruninho jogou pouco com o meio. A Seleção ainda esboçou uma reação, encostou no 21 a 20, mas não conseguiu repetir a virada.

Até então impassível, em seu elegante terno, Velasco só perdeu a paciência na metade do terceiro set, quando o árbitro marcou dois toques, fazendo com que o Brasil fizesse 16 a 13. Antes, Murilo já havia mudado o panorama do jogo, com saques.
Sem mais coelhos para tirar da cartola, Velasco viu Bernardinho inovar, colocando o ponta João Paulo Bravo no lugar de Bruninho, Rodrigão brilhar em atuação de gala e o Brasil cumprir sua obrigação. Ainda assim, Velasco saiu aplaudido.


Fonte: LanceNet!

Adilson sobre Bruno César: 'Jogador tem liberdade para falar'

Técnico encerra polêmica com o meia, que em entrevista ao LNET! reclamou de posicionamento.

Depois de repreender o meia Bruno César em uma reunião com todos os jogadores do Corinthians, na última sexta-feira, o técnico Adilson Batista preferiu não polemizar sobre as declarações do camisa 10 que, em entrevista ao LANCENET!, reclamou de seu posicionamento em campo .

- Jogador tem liberdade de se manifestar, de emitir opinião. Não sou o dono da verdade. A gente sabe o que está fazendo. Quando joga bem não fala nada, aí quando deixa de fazer gol é porque estava errado, estava certo...Não é assim. Sei como funciona. Mas ele está consciente da importância de se vencer, de pensar no coletivo - afirmou o treinador, neste sábado, no CT Joaquim Grava.

- Ele está tranquilo, é um menino. Às vezes a gente se deixa influenciar por outras pessoas, existem outros interesses. Eu penso no coletivo, essa é minha função no Corinthians - completou o comandante.

Bruno, que vive jejum de cinco partidas sem fazer gol, mostrou-se insatisfeito por não estar atuando como meia centralizado. Adilson o tem escalado mais aberto, como um segundo atacante.

- Não vejo essa ansiedade pelo gol. Importante é assistência, penetração, chamar o jogo, acompanhar quando for necessario. Para mim é mais importante daquele que faz o gol. No gol do Falcão contra a Itália (na Copa do Mundo de 1982), o Cerezo levou dois marcadores. É assim que a gente enxerga futebol - analisou.

O comandante ainda citou um gol que o meia fez no rachão, dando a entender que não vai mudá-lo de posição, apesar das reclamações. Na atividade, Bruno César estava na ponta direita, cortou para o meia e bateu de esquerda, no ângulo.

- Até hoje brinquei com o Bruno, quando ele fez o gol, eu disse "Olha o que fez no dois toques. Onde você está? Do lado direito, cortando do zagueiro e tirando do goleiro" - concluiu.

Fonte: LanceNet!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Paulo Ricardo - Vidas Passadas

Eras a gata de um feiticeiro. A tua pelagem era cinzenta e sedosa. Tinhas fama de caçadora exímia e eras o terror das ratazanas.

Nos teus tempos livres, gostavas de afiar as unhas nas capas dos livros de magia e de derrubar os tubos de ensaio na bancada do laboratório.

Morreste após longos anos de uma existência preenchida e feliz, deixando para trás uma descendência bem sucedida de trinta e nove gatinhos.

Adilson faz trabalho secreto e testa Boquita e Souza como titulares

William sofre pisão e acaba poupado da atividade. Ralf também não treina e pode desfalcar a equipe. Já Iarley pode perder vaga no setor ofensivo.



Como esperado, Adilson Batista não revelou a escalação do Corinthians para enfrentar o Fluminense, nesta quarta-feira, às 22h, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Depois de 1h20m de treinamento fechado para a imprensa, no Parque São Jorge, o treinador manteve o mistério sobre a equipe. As dúvidas estão em todos os setores.

O último problema veio durante a atividade desta tarde de terça-feira. O zagueiro e capitão William sofreu um pisão no pé direito e imediatamente deixou o gramado para ser preservado. A tendência, porém, é que ele esteja em campo. Caso seja vetado, o treinador deve escalar Leandro Castán para formar dupla com Paulo André.

Outro que foi poupado é o volante Ralf, que torceu o tornozelo esquerdo durante a partida contra o Grêmio, no último sábado. Quando os portões do Parque São Jorge foram abertos para os jornalistas, Boquita estava atuando no meio de campo. Assim, Jucilei faria a função de primeiro volante, com Elias mais avançado.

- Ele (Ralf) fez um trabalho antes de vocês entrarem. Amanhã vou decidir. Tornozelo é um negócio mais delicado e temos que ter calma – desconversou o treinador.

Adilson Batista, aliás, fugiu de todas as formas das perguntas sobre qual formação colocará em campo no Engenhão. O técnico não conseguiu encontrar até o momento um companheiro ideal para Jorge Henrique no ataque. Ronaldo foi vetado mais uma vez por causa de dores na panturrilha direita, enquanto Iarley vem sendo criticado pelos gols perdidos. Nesta terça, Souza foi testado.

- Já defini, mas não vou falar. Vocês já conhecem os dois: um tem a característica de área e o outro se movimenta mais. Vocês podem falar que este ou aquele está perdendo gol. Eu preciso mostrar, alertar e incentivar. Eu já sei quem vai jogar. Podem jogar os dois. Mais uma dúvida para vocês (risos) – completou.

O lateral-direito Alessandro cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e tem retorno assegurado. O mesmo acontece com o lateral-esquerdo Roberto Carlos, poupado por causa de dores na coxa direita. Além de Ronaldo, Chicão (joelho direito) e Dentinho (coxa esquerda) seguem no departamento médico.

O Corinthians pode começar a partida com: Julio Cesar, Alessandro, Paulo André, William e Roberto Carlos; Ralf (Boquita), Jucilei, Elias e Bruno César; Jorge Henrique e Iarley (Souza).

Fonte: Globo Esporte

Frase do Dia

Antes vivia por viver, mas quando lhe conheci algo mudou em meu ser, vivo intesamente cada minuto ao seu lado.

Paulo