terça-feira, 14 de setembro de 2010

Adilson faz trabalho secreto e testa Boquita e Souza como titulares

William sofre pisão e acaba poupado da atividade. Ralf também não treina e pode desfalcar a equipe. Já Iarley pode perder vaga no setor ofensivo.



Como esperado, Adilson Batista não revelou a escalação do Corinthians para enfrentar o Fluminense, nesta quarta-feira, às 22h, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Depois de 1h20m de treinamento fechado para a imprensa, no Parque São Jorge, o treinador manteve o mistério sobre a equipe. As dúvidas estão em todos os setores.

O último problema veio durante a atividade desta tarde de terça-feira. O zagueiro e capitão William sofreu um pisão no pé direito e imediatamente deixou o gramado para ser preservado. A tendência, porém, é que ele esteja em campo. Caso seja vetado, o treinador deve escalar Leandro Castán para formar dupla com Paulo André.

Outro que foi poupado é o volante Ralf, que torceu o tornozelo esquerdo durante a partida contra o Grêmio, no último sábado. Quando os portões do Parque São Jorge foram abertos para os jornalistas, Boquita estava atuando no meio de campo. Assim, Jucilei faria a função de primeiro volante, com Elias mais avançado.

- Ele (Ralf) fez um trabalho antes de vocês entrarem. Amanhã vou decidir. Tornozelo é um negócio mais delicado e temos que ter calma – desconversou o treinador.

Adilson Batista, aliás, fugiu de todas as formas das perguntas sobre qual formação colocará em campo no Engenhão. O técnico não conseguiu encontrar até o momento um companheiro ideal para Jorge Henrique no ataque. Ronaldo foi vetado mais uma vez por causa de dores na panturrilha direita, enquanto Iarley vem sendo criticado pelos gols perdidos. Nesta terça, Souza foi testado.

- Já defini, mas não vou falar. Vocês já conhecem os dois: um tem a característica de área e o outro se movimenta mais. Vocês podem falar que este ou aquele está perdendo gol. Eu preciso mostrar, alertar e incentivar. Eu já sei quem vai jogar. Podem jogar os dois. Mais uma dúvida para vocês (risos) – completou.

O lateral-direito Alessandro cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e tem retorno assegurado. O mesmo acontece com o lateral-esquerdo Roberto Carlos, poupado por causa de dores na coxa direita. Além de Ronaldo, Chicão (joelho direito) e Dentinho (coxa esquerda) seguem no departamento médico.

O Corinthians pode começar a partida com: Julio Cesar, Alessandro, Paulo André, William e Roberto Carlos; Ralf (Boquita), Jucilei, Elias e Bruno César; Jorge Henrique e Iarley (Souza).

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário: