Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Vanessa Panssane

Nessa lenda onde os lugares são mágicos;
Busco uma semente que purifique;
Os momentos que passei contigo;
Fazer para todos uma linda canção;
Destacar as minhas emoções;
Saber o toque do meu coração;
Apenas ti tenha tamanha noção;
De cada batida dessa lição;
Prevenir da sua pessoa;
É apenas uma ilusão;
Daquelas pessoas que nada tenha a acrescentar;
Fica apenas sua demonstração;
Um largo sorriso;
Leve aceno de mão;
Simples motivos para lhe amar;
Com tamanha devoção;
Sabe amor não paro de pensar;
Em sua pessoa ao longe;
E tento seguir sua linha de raciocínio;
Mas é difícil porque faz muito bem;
Quero ter as condições de lhe presentear;
Com um bela noite;
E comemorar sua festa;
E desejar uma felicidade completa. Paulo Ricardo

Vanessa Panssane

Nessa lenda onde os lugares são mágicos;
Busco uma semente que purifique;
Os momentos que passei contigo;
Fazer para todos uma linda canção;
Destacar as minhas emoções;
Saber o toque do meu coração;
Apenas ti tenha tamanha noção;
De cada batida dessa lição;
Prevenir da sua pessoa;
É apenas uma ilusão;
Daquelas pessoas que nada tenha a crescentar;
Fica apenas sua demonstração;
Um largo sorriso;
Leve aceno de mão;
Simples motivos para lhe amar;
Com tamanha devoção;
Sabe amor não paro de pensar;
Em sua pessoa ao longe;
E tento seguir sua linha de raciocínio;
Mas é dificil porque faz muito bem;
Quero ter as condições de lhe presentear;
Com um bela noite;
E comemorar sua festa;
E desejar uma felicidade completa. Paulo Ricardo

Oração ao Anjo da Guarda

Deus adiante, o Pai na guia. Entrego-me a Deus e à Virgem Maria. Nosso Senhor Jesus Cristo é o meu pai, a Virgem Maria é a minha mãe, os doze apóstolos são meus irmãos, as onze mil virgens são minhas irmãs. Com as armas de São Miguel me vesti e me calcei. Anjo de Deus, semelhança do Senhor que para mim foste criado, para minha honra e guarda rogo a vós. Rogo aos santos anjos benditos a sua graça e o seu poder para que me defendam dos laços dos inimigos que tendo olhos não me verão, tendo mãos não me tocarão, tendo pernas não me alcançarão, armas de fogo não me calarão. Não verei meu corpo preso nem meu sangue derramado, nem a minha alma perdida. Bendito seja o dia, com a esperança de que venha a noite. Bem guardado seja eu, assim como o foi Nosso Senhor Jesus Cristo no ventre de sua Mãe Maria Santíssima, por nove meses em paz e alegria. Entrego-me a Deus e à Santíssima Virgem Maria. Amém.

Oração para nos Livrar dos Inimigos

Anjo de Deus, semelhança do Senhor, que para mim foste criado! Para minha honra e guarda rogo a vós. Com Deus eu me deito, com Deus eu me levanto —com a graça de Deus e do Divino Espírito Santo. Nosso Senhor Jesus Cristo é meu pai, a Virgem Santíssima minha mãe. Onze mil virgens são minhas irmãs e os doze apóstolos meus irmãos. Com as armas de São Miguel me vesti e me calcei. Os inimigos terão pernas e não me alcançarão, terão olhos e não me verão, terão mãos e não me tocarão, as armas de fogo não me calarão. Andarei seguro e livre —assim como andou por nove meses em paz e alegria, Nosso Senhor Jesus Cristo, no ventre de sua mãe Maria Santíssima. A Deus e à Sagrada Majestade que está no Céu eu me entrego e me ofereço. Cuida de mim. Amém.

Oração para o Sono Tranqüilo

Com Deus eu me deito, com Deus eu me levanto, com a graça de Deus e do Divino Espírito Santo. A Virgem Santíssima me cubra com o seu manto —ao deitar e ao levantar. Amém. Senhora minha, dormir eu quero, eu preciso. Se dormir, me guardai; se eu morrer me alumiai. Ao me deitar na cama encontrarei com sete anjos: três nos pés, quatro na cabeceira e a Senhora na fronteira. Ouço a Virgem Maria dizer: “dorme e repousa, não temas coisa alguma”. Ai, Jesus, nessa cama em que me deito, ai Jesus crucificado, filho da Virgem Maria, guardai-me por esta noite e amanhã por todo o dia!… Não verei meu corpo preso, nem meu sangue derramado, nem minha alma perdida.
Ai, Jesus, José e Maria!

Oração à Santo Antônio: Para a Família

Querido Santo Antônio! Abençoai e protegei a nossa família. Conservai-a sempre unida no amor. Assisti-a nas necessidades temporais e afastai dela todo mal. Abençoai-nos. Fazei que nunca nos falte trabalho como também todas as coisas necessárias para podermos viver honestamente e educar bem os filhos.

Dia do Santo

São Jorge 23/ Abril Outro santo bastante popular, o guerreiro São Jorge era um militar romano que foi martirizado em 303 após abandonar a carreira e converter-se. Viveu em combate pela fé, e sua imagem é atribuída a um cavaleiro armado com uma lança, sobre um cavalo branco, derrotando um dragão. Lendas brincam que ele vive na lua. Sua oração é conhecida e muito usada por aqueles que buscam sua proteção para o corpo e para a alma:
”Chagas abertas, Sagrado Coração todo amor e bondade, o sangue do meu Senhor Jesus Cristo, no corpo meu se derrame hoje e sempre. Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés, não me alcancem; tendo mãos, não me toquem; tendo olhos, não me enxerguem; e nem pensamentos eles possam ter para me fazerem mal.
Armas de fogo o meu corpo não o alcançarão. Facas e lanças se quebrarão sem o meu corpo chegar. Cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrar.
Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder de sua Santa e …

O Tempo

Fiz uma coisa errada hoje meu amor;
Duvidei de você e não quis explicação;
Fui advogado de acusação e juiz ao mesmo tempo;
Não percebi o meu erro a tempo de corrigi-los;
Essa fatalidade ficara sempre minha vida;
Pensar muito no meu incrível deslize;
Deixo meu coração quente em pedaços;
Passo horas rezando por sua causa;
Fiz as provas acontecerem e olhei para o futuro;
Esqueci do presente e ceguei-me;
Como pude ser tão duro contigo;
Fazendo a felicidade ser corroído durante os anos;
Lágrimas cai sem parar de mim;
Faço os dias e noites ao seu lado;
Serem momentos em fotos ou imagem;
Sei que está magoada e tenta me perdoa;
Mas tenho consciência do meu dano;
E farei tudo ao meu alcance para você.

O Amor e Seus Contratos

Tanto nas juras mais vivas
como nos beijos mais longos
em que perduram salivas
de outras paixões ainda ativas,
sopro de angolas e congos,… Veja mais
eu sinto a turva incerteza
(ai, ouro de tredas lavras)
da enovelada surpresa
que põe tanto de estranheza
nos contratos que tu lavras. Por mais que no teu falar
brilhe a promessa incessante
de um afeto a perdurar
até o mundo acabar
e mesmo depois – diamante
de mil prismas incendidos,
amarga-me o pensamento
de serem pactos fingidos
e nos seus subentendidos
não vi, Amor, valimento. Experiências de escrituras,
eu tenho. De que me serve?
Após sofridas leituras
de ementas e de rasuras,
no peito a dúvida ferve,
se nos mais doutos cartórios
de Londres, Londrina, Lavras
para assuntos amatórios,
teus itens são ilusórios,
só palavras e palavras. As nulidades tamanhas
que te invalidam o trato
não sei se provêm de manhas
ou de vistas mais estranhas.
Serão talvez teu retrato
gravado em vento ou em sonho
como aéreo documento
que nunca mais recomponho.
São todas – digo tristonho –
feitas de s…

Soneto da Fidelidade

e tudo, ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento
… Veja mais
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento. E assim quando mais tarde me procure
Quem sobe a morte, angústia de quem vive
Quem sobe a solidão, fim de quem ama Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.” Vinícius de Moraes

Amar

Que pode uma criatura senão,Entre criaturas, amar?
Amar é esquecer,
Amar é mal amar
Amar, desamar, amar?
Sempre, e até de olhos vidrados,… Veja mais
Amar?
Que pode, pergunto, o ser
Amoroso,
Sozinho, em rotação universal,
senão rodar também, e amar?
(…)
Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
Amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita. Carlos Drummond de Andrade

Desejo

Eu te desejo como mulher.
Cada centímetro do teu corpo
na sede do prazer.
Cada dia como se não houvesse ontem.
Cada vez como se não houvesse amanhã.
… Veja mais Te desejo como mãe,
para velar teu sono,
enxugar teus olhos,
te ter em meu colo,
simplesmente num carinho,
num querer sem afã…
uma vontade terna,
entre o sempre e o nunca.
Te desejo sempre,
como nunca antes desejei. Claudia Marczak

O Coração

O coração é o colibri dourado
Das veigas puras do jardim do céu.
Um – tem o mel da granadilha agreste,
Bebe os perfumes, que a bonina deu. O… Veja mais outro – voa em mais virentes balças,
pousa de um riso na rubente flor.
Vive do mel – a que se chama – crenças -,
Vive do aroma – que se diz – amor. – Castro Alves

Sonhar

Sonhei tanto com nós dois
e juro que queria um mundo bem melhor.
Não posso fechar os olhos
para o sangue nas ruas,
nem para a fome de tantos.
É tão… Veja mais difícil entender
aquilo que não tem nexo.
Quisera encontrar sentido
no sonho impossível
de ver toda a gente feliz
e poder roubar um sorriso
sincero do teu rosto.
Se a solidão me atormenta
é porque sonho demais,
e no meu sonho te encontro.
Sonho por sonhar,
então te encontrar,
fazer a vida ganhar sentido.
Se viver é sonhar
sonho para procurar
uma forma concreta de te amar. Anônimo

Se Morre de Amor!

Se se morre de amor! – Não, não se morre,
(…)
Amor é vida; é Ter constantemente
Alma, sentidos, coração – abertos,
Ao grande, ao belo; é ser capaz de… Veja mais crimes!
Compreender o infinito, a imensidade,
E a natureza e Deus; gostar dos campos,
Das aves, flores, murmúrios solitários;
Buscar tristeza, a soledade, o ermo,
E Ter o coração em riso e festa;
E a branda festa, ao riso da nossa alma
Fontes de pranto intercalar sem custo;
Conhecer o prazer e a desventura
No mesmo tempo, e ser no mesmo ponto
O ditoso, o misérrimo dos entes: Isso é amor, e desse amor se morre! Gonçalves Dias

Encontro

Que bom foi te encontrar!
Minha vida andava tão monótona
que resplandeceu com teu olhar.
Esse olhar que me alucina,
que me desnuda por inteira,
… Veja mais deixando-me sem graça e pequenina. Que bom foi te encontrar!
Tua gentileza e amabilidade
tocaram meu coração inexorável.
Ao toque de carinho e atenção,
deixou de ser impenetrável. Que bom foi te encontrar!
Nesse encontro, matei a saudade.
Por mais que o tempo passe, não
esquecerei a sensação de te amar. Sueli Teixeira

Amor Matemático

Meu pensamento é deveras radical:
se sou um cara quadrado,
sou um quadrado perfeito
dentro da raiz de seu amor. Amor, expoente de vida,… Veja mais
incógnita mal definida,
de expressão sem igual
e que, sem mais nem menos,
divide a vida de dois
pra se multiplicar depois. Carlos Roberto N. Morais

Tua Mão Em Mim

Você me acorda no meio da noite
e eu que navegava tão distante
cravada a proa em espumas
desfraldados os sonhos
afloro de repente entre as paradas ondas dos… Veja mais
lençóis
a boca ainda salgada mas já amarga
molhada a crina
encharcados os pêlos
na maresia que do meu corpo escorre.
Cravam-se ao fundo os dedos do desejo.
A correnteza arrasta.
Só quando o primeiro sopro escapar
entre os lábios da manhã
levantarei âncora.
Mas será tarde demais.
O sol nascente terá trancado o porto
e estarei prisioneira da vigília. Marina Colasanti

Sob o Chuveiro Amar

Sob o chuveiro amar, sabão e beijos,
ou na banheira amar, de água vestidos,
amor escorregante, foge, prende-se,
torna a fugir, água nos olhos, bocas,
dança, navegação, mergulho, chuva,
essa espuma nos ventres, a brancura
triangular do sexo — é água, esperma,
é amor se esvaindo, ou nos tornamos fontes? Carlos Drummond de Andrade

O Chão é Cama

O chão é cama para o amor urgente,
Amor que não espera ir para a cama.
Sobre o tapete ou duro piso, a gente
Compõe… de corpo e corpo a úmida trama.
E para repousar do amor, vamos à cama. Carlos Drummond de Andrade

Amor Químico

Meu pensamento é um radical
monovalente quando pensa em você
e que, catalisado pelo teu amor,
sofre uma reação interior. E se liga, não… Veja mais se desliga,
numa combinação duradoura,
pura em sua substância,
sólida em sua base. É assim o meu amor,
um amor “que me comove”,
pois o amor “químico move”
uma explosão de sentimentos
onde muito se cria e nada se perde. Carlos Roberto N. Morais

Nem Águas e Nem Março

É cal
É cedro
O fim do princípio
Do resto do ninho
Calvário de dor É o nada… Veja mais é o tudo
Assim tão sozinhos
É o vale
É o toco
Que sobram
Do amor É a casa vazia
É a palma
É o pé
É dezembro a chegar
Dias de santa fé É a minha tristeza
Que brota
E caminha
Se espalha
Encantada Qual erva daninha. Eliana Mora

O Homem

Deus criou o homem e lhe deu um paraíso,
Onde pudesse dormir sonhar sem se preocupar
Com dívidas, andar descalços e despidos
Fazer tudo que quisesse, correr, brincar… Veja mais
Menos comer daquele fruto proibido. O homem tinha tudo e se sentia só,
Ficou angustiado triste e deprimido,
Deus lhe deu Eva como companheira,
Insinuou que aquele era o fruto proibido,
O homem comeu e fez besteira. O mundo vivia na mais perfeita paz,
Tranquilidade e completa harmonia,
O homem foi perdendo, pudor e medo,
Descobriu a mulher um certo dia
E o mundo nunca mais teve sossego. Deus se zangou e disse ao homem,
Pagarás com o suor de teu rosto,
Sentirás o castigo lentamente
E tu mulher terás como desgosto,
A perda de sangue mensalmente. Este foi o primeiro pecado capital,
Necessário, essencial para a criação
De todas as espécies e da humanidade.
Praticado por amor de Eva e Adão
Que foi seguido pela posteridade. J.P

Se Te Amo, Não Sei

Amar! Se te amo, não sei.
Ouço aí pronunciar
Essa palavra de modo
Que não sei o que é amar.
Se amar é sonhar contigo,
Se é pensar,… Veja mais velando, em ti,
Se é Ter na alma presente
Todo esquecido de mim!
Se é cobiçar-te, querer-te
Como uma bênção dos céus
A ti somente na terra
Como lá em cima a Deus; Se é dar a vida, o futuro,
Para dizer que te amei:
Amo; porém se te amo
Como ouço dizer, – não sei.
Sei que se um gênio aparecesse
E tronos, glórias, ilusões floridas,
E os tesouros da terra me oferecesse
E as riquezas que o mar tem escondidas;
E do outro lado – a ti somente – e o gozo
Efêmero e precário – após a morte;
E me dissesse: “Escolhe” – oh! Jubiloso,
Exclamara, senhor da minha sorte!
“Que tesouro na terra há que a iguale?
Quero-a mil vezes, de joelhos – sim!
Bendita a vida que tal preço vale,
E que merece de acabar assim!” Gonçalves Dias

Se Minhas Mãos Pudessem Desfolhar

(10 de novembro de 1919, Granada) Eu pronuncio teu nome
nas noites escuras,
quando vêm os astros
beber na lua
e dormem nas… Veja mais ramagens
das frondes ocultas.
E eu me sinto oco
de paixão e de música.
Louco relógio que canta
mortas horas antigas. Eu pronuncio teu nome,
nesta noite escura,
e teu nome me soa
mais distante que nunca.
Mais distante que todas as estrelas
e mais dolente que a mansa chuva. Amar-te-ei como então
alguma vez? Que culpa
tem meu coração?
Se a névoa se esfuma,
que outra paixão me espera?
Será tranqüila e pura?
Se meus dedos pudessem
desfolhar a lua!! Federico Garcia Lorca
(1898-1936)

Sob o Chuveiro Amar

Sob o chuveiro amar, sabão e beijos,
ou na banheira amar, de água vestidos,
amor escorregante, foge, prende-se,
torna a fugir, água nos olhos, bocas,
dança, navegação, mergulho, chuva,
essa espuma nos ventres, a brancura
triangular do sexo — é água, esperma,
é amor se esvaindo, ou nos tornamos fontes? Carlos Drummond de Andrade

Desenganos

Os dias passaram,
Com eles os meses e anos,
Mas os meus desenganos
Com perdas e danos,
No tempo parou…
… Veja mais
Olhares e risos,
Fontes de improvisos
Que o vento levou,
Da vida? Pranto e tédio,
Uma dor sem remédio,
Foi o que restou… A paixão? Só saudade produz,
Numa chama de luz,
De um olhar que encantou.
O amor? Sonho e ternura,
Verdade tão pura,
Que o tempo não apagou! Vilma Eugenio

Eu Amo

O amor que me encanta o sonho que me leva e uma forma de demonstra esse encanto me leva nos passos da bailarina me levo nos seus braços, mas não me deixo enganar por si só pós tenho quem me protege de suas maldades eu amo você, mas às vezes me força a fazer coisas… Veja mais inesperadas por si só quanto tempo por você já gastei quanto tempo já perdi também já perdi o seu amor que me encantou. Vanessa Amaral de lima

Almas Que Se Encontram

Almas que se encontram
Dizem que para o Amor chegar não há dia,
Não há hora nem momento marcado para acontecer.
Ele vem de repente e se instala … Veja mais
No mais sensível dos nossos órgãos, o coração.
Começo a acreditar que sim.
Mas percebo também que pelo fato deste momento
Não ser determinado pelas pessoas,
Quando chega,
Quase sempre os sintomas são arrebatadores.
Vira tudo às avessas
E a bagunça feliz se faz instalada.
Quando duas almas se encontram
O que realça primeiro não é a aparência física,
Mas a semelhança d’ almas.
Elas se compreendem
E sentem falta uma da outra.
Entristecem-se por não terem se encontrado antes,
Afinal tudo poderia ser tão diferente.
No entanto sabem que o caminho é este
E que não haverá retorno para as suas pretensões.
É como se elas falassem além das palavras,
Entendessem a tristeza do outro,
A alegria, o desejo,
Mesmo estando em lugares diferentes.
Quando as almas afins se entrelaçam
Passam a sentir saudade uma da outra
Num processo contínuo de reaproximação
Até a consumação.
Alma…

A Loucura de Amar …

Porque viver buscando razões,
Que tentem explicar as emoções,
Por acaso, me diga:
Há quem consiga explicar o inexplicável?… Veja mais
Louco é como costumam denominar um ser
Que sonha acordado,
Que acredita que tudo na vida tem conserto,
Desde que a ferramenta utilizada seja o amor,
Se isto for loucura…
Minha nossa!
Eu estou completamente louco então,
Porque não vivo eu,
Mas, sim o amor que está em mim,
Tudo pra mim é sonho
Que tem possibilidade de realização,
Acredito numa força inabalável,
Que tem o poder de unir dois corações,
Que faz com que a fortaleza de nossas vidas,
Seja invadida, por seres tão delicados,
Sensíveis, desarmados e indefesos,
Nossa guarda cai por terra quando
Nos encontramos encantados pelo amor.
Você ainda quer explicação ?
Deixo a resposta então,
Para os intelectuais de plantão,
Que teimam em dizer…
Que tudo tem uma explicação,
Ora, eu acredito sim, que tudo tem uma razão de ser…
Não tenho maturidade suficiente
Para afirmar que conheço o amor
Em toda a sua essência, porém,
Acredito ter inteli…

Desamor Encontrado

Era uma vez a saudade.
Não conhecia ela.
Nunca a tive. Quando ela bateu.
O coração conheceu…. Veja mais
Que sentimento que não cabe. Que não acaba que cresce.
E quando te vejo.
Mi da um medo de ti perder. De novo.
Essa dor.
Que é boa quando acaba. Que quando age:
nunca vai acabar, e
te ver me faz bem. Olhem que lindo.
Amor é lindo.
Coração partido, pelo amor que foi impedido. Eduardo Matos

Estar Vivo Hoje

É como uma poesia tosca, sem sentido!
Se bem que algumas são para não terem sentido algum.
Mas viver hoje faz sentido?
Depende do que sente, do que é vivido!… Veja mais
Se tiver um coração partido, um desejo escondido,
Corra atrás, não fique inibido,
Mas vale ter uma parte na mão, do que tudo perdido.
Se te falta à fé, procure o divino,
Por que além de encontrar a paz, encontrara um amigo.
Então, o que mais lhe faltara?
Um rumo profissional ou um amor bem vivido?
Continue procurando, porque o melhor vive escondido.
E só procurando achará o que lhe é devido.
A chave de tudo é crer em você,
No querer e principalmente no divino. Renata Medeiro

Amor Sem Limites

Quando do teu lado estou,
Sinto meu corpo tremer,
E o meu coração tão feliz,
Bate forte prá valer,
Parece que tudo se apaga… Veja mais
E só consigo ti ver. Falta-me então a coragem
De nos teus olhos olhar,
Com medo de que enxergues,
O amor que tenho pra ti dar,
E assim do teu lado passo,
Só podendo mesmo ti amar. Nem sei mais o que faço,
Pra sufocar tanta dor,
Meu corpo por ti reclamando,
Como a planta pela flor,
E depressa passando o tempo,
Mais aumentando este amor! Vilma Eugênio

Amor Sublimado

Amor Sublimado
Eu posso te amar, e nem te dizer
Sofrer calado e até morrer
Ficar feliz em estar ao seu lado
Viver um… Veja mais amor sublimado
Repousar no seu sentimento
Divagar nas emoções do momento
Falar de coisas sublimes
Todo encanto e desejo
Que meu coração exprime
Ser o vento que sopra a seu favor
Levar seu perfume comigo para onde eu for
E navegando eu vou nas palavras
que nessa poesia eu declamo
Jurando amor eterno e sublimado
Mostrando o quanto te amo Márcio Mortensen ( O vento )

Amor, Um Cavaleiro Andante

Amor, sonho a eternizar,
Num pingo de solidão todos irão um amor encontrar,
É um cavaleiro andante, louco, demente
Mas quem não sonha em amar, em ser… Veja mais amante?
Não há por mim alguém que diga algo diferente!
Por mais estúpido que este ser possa ser exigente,
Mas não existe amor que não dome,
Que venha devagar, e então ao peito consome.
Não existe gênero, número ou grau,
Não escolhe coração bom ou mau.
Pobres ou ricos não é aristocrata,
Talvez o enquadremos em democrata.
Sim, é um cavaleiro com uma espada flamejante,
Dilacera em poucos instantes a alma e a mente.
Não é com o tempo que o amor vem a se preocupar,
De todas as coisas ele tem uma a visar,
Seja em breves momentos entre ir e vir,
Em todos nós, num breve instante visa existir. Geucimar Alves Rodrigues

Meia – Noite

Escuto o som do meu relógio;
Já são meia – noite em ponto;
Nesse cenário de luar sombrio;
Apreciar esse delicioso momento;
Seria para poucos na ocasião;
Parar nesse exato dia e hora;
Fica mais complexo o dilema;
Somos tão imperfeitos para
[não entender;
Essa sera nossa famosa busca;
Estando em frente ao conhecimento;
Pareço uma criança em indefesa;
Manter em si alguns segundos;
Parece mais difícil de perceber;
O lado me fazendo esquecer;
Situações em uma única noite;
Deixamos o caótico tomar seu lugar;
Tento não muito dizer;
As palavras já não me sai direito;
Faço tudo para ti agradar;
Quero lhe encontrar novamente
E relembrar o nosso tempo adolescente.

Quero Ti Falar

Estou andando há cada segundo vejo o movimento dos corpos do mesmos seres, tendo em vista o glorioso sentimento que temos em comum; combinamos em muitos itens mas classificar o mais próximo de cada um de nós e resolvemos nossas diferenças com as conversas deixando muitas lacunas para outros questões mas sempre temos o exito como forte do relacionamento. Fácil pensar em viver uma situação comoda sem olhar para o amanhã, tendo altos e baixos na fases da nossa vida, mas como somos o escritor do nosso livro da vida fica mais do que certo, as palavras pensado e sacrificadas por ti, não há jeito ou coletivo que mova esse desafio iniciado quando nos corpos se reconheceram naquele dia ou momento em que nos olhamos e vimos o futuro perfeito para ambos. Terminar esse lindo poema, tendo os versos em sua majestade proibir nossa fonte da juventude que temos em segredo em nosso coração, quando o beijo transcorrer quando falamos ou conversamos sobre algo interessante faltar esse detalhe é muito caótic…

Rosa Negra

Minha dor é ver que foges
E saber que te pareço
Ser um amigo distante
E nunca um recomeço. Nossos sangues não se encontram,… Veja mais
Não se fundem em torrente;
Não sentirmos nossos gostos
É o não plantar da semente. Tenha sempre contigo
Em teu mais suave pensamento
Que sempre e em todo momento
Arrasto um bonde por ti. Tua forte beleza negra
Em minha pele tão alva
É desejo que não consigo,
É poesia que não completo. Stefano Nardi

Convite

Eu te direi minha verdade
E ouvirei a tua
Acreditarei na tua verdade
Farei da tua palavra a minha palavra
Do teu canto
Meu canto… Veja mais
De tua lágrima
Minha lágrima Vem
Vamos
Partamos
Esqueçamos
Essa gente amarga
E sua vã filosofia
Os homens ruins, isto é
Aqueles que profissionalizaram tudo,
Inclusive o amor
Vamos ganhar o tempo
Em busca de novos horizontes Vamos dialogar
Com os pássaros
Cultivar as flores
Admirar as estrelas
Amar os verdes dos campos
O azul do céu e curtir
Essa tarde fogosa que dança no espaço Vamos crescer na pureza
Desta noite criança
Que mais tarda a chegar
E renascer com o sol da manhã
Que por certo virá Vamos construir um tempo novo
Uma existência nossa
E amanhã
Quando o peso dos anos
Marcar nossos cabelos
Enrouquecer nossa voz
Eu te direi
Com a mesma emoção de hoje
Que te amo!! Vicente Haroldo – Pássaros Feridos

Divina

Eu não busco saber o inevitável
Das espirais da tua vã matéria.
Não quero cogitar da paz funérea
Que envolve todo ser inconsolável. Bem sei que… Veja mais no teu círculo maleável
De vida transitória e mágoa séria
Há manchas dessa orgânica miséria
Do mundo contingente, imponderável. Mas o que eu amo no teu ser obscuro
É o evangélico mistério puro
O sacrifício que te torna heroína. São certos raios da tua alma ansiosa,
É certa luz misericordiosa,
É certa auréola que te faz divina! Cruz e Souza

Soneto da Felicidade

Não receies, amor, que nos divida
um dia a treva de outro mundo, pois
somos um só, que não se faz em dois
nem pode a morte o que não pode a vida.
… Veja mais
A dor não foi em nós terra caída
que de repente afoga mas depois
cede à força das águas. Deus dispôs
que ela nos encharcasse indissolvida. Molhamos nosso pão cotidiano
na vontade de Deus, aceita e clara,
que nos fazia para sempre num. E de tal forma o próprio ser humano
mudou-se em nós que nada mais separa
o que era dois e hoje é apenas um. Odylo Costa Filho

Grande Amor

Grande amor, grande amor, grande mistério
Que as nossas almas trêmulas enlaça…
Céu que nos beija, céu que nos abraça
Num abismo de luz profundo e céreo.
… Veja mais
Eterno espasmo de um desejo etéreo
E bálsamo dos bálsamos de graça,
Chama secreta que nas almas passa
E deixa nelas um clarão sidéreo. Cântico de anjos e arcanjos vagos
Junto às águas sonâmbulas de lagos,
Sob as claras estrelas desprendido… Selo perpétuo, puro e peregrino,
Que prende as almas num destino,
Num beijo fecundado num gemido. Cruz e Souza

Amor e Medo II

Ai! Se eu te visse no calor da sesta,
A mão tremente no calor das tuas,
Amarrotando o teu vestido branco,
Soltos os cabelos nas espáduas nuas!…
… Veja mais
Ai! Se eu te visse, Madalena pura,
Sobre o veludo reclinada a meio,
Olhos cerrados na volúpia doce,
Os braços frouxos- palpitante o seio!… Ai! Se eu te visse em languidez sublime,
Na face as rosas virginais do pejo,
Trêmula a fala a protestar baixinho…
Vermelha a boca, soluçando um beijo!… Diz- que seria da pureza d’anjo,
Das vestes alvas, do candor das asas ?
– Tu te queimaras, a pisar descalça,
– Criança louca,- sobre um chão de brasas! No fogo vivo eu me abrasara inteiro!
Ébrio e sedento na fugaz vertigem
Vil, machucara com meu dedo impuro
As pobres flores da grinalda virgem! Vampiro infame, eu sorveria em beijos
Toda inocência que teu lábio encerra,
E tu serias no lascivo abraço
Anjo enlodado nos pauis da terra. Depois… Desperta no febril delírio,
– Olhos pisados- como um vão lamento,
Tu me perguntaras: – qu’é da minha c’roa ?…
Eu te diria: – desfolhou-a …

Ternura

Eu te peço perdão
Por te amar de repente
Embora o meu amor seja uma velha canção em teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos… Veja mais sorrisos
Das noites que vivi acalentado
Pela graça indivisível dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura dos que aceitam melancolicamente
E posso te dizer o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras dos véus da alma …
É um sossego, uma unção
Um transbordamento de carícias
E só te pede que repouses quieto, muito quieto
E deixes que as mãos cálidas da noite
Encontrem sem fatalidade o olhar estático da aurora Anônimo

Nós Dois

Nos desencontros da
vida nos encontramos.
Como se aguardássemos
por esse momento,
deixamo-nos envolver
pelo amor que já nascia…. Veja mais
nos deslumbramos pelo
encanto de tal magia que
nos emocionava por tamanha
beleza e intensidade.
Encantados, nossas mãos
se entrelaçaram e nossos
lábios se uniram num
longo beijo. Aquela
noite, nos pertencíamos
de corpo e alma.
Me enlouquecia o arrojo
de suas mãos sobre
meu corpo, deslizando em
carícias lentas e sensuais.
Nesse êxtase, o pulsar de
dois corações sedentos
de amor, diziam tudo o que
jamais foi dito, pois
os lábios não sabem
Pronunciar as palavras
lindas que vêm da alma
e do coração. Sueli Teixeira

As Sem-Razões do Amor

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor… Veja mais não se paga. Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários. Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo. Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor. Carlos Drummond de Andrade

Fantasia

Menina, me conte uma mentira.
Suas mentiras suaves e delicadas
Adornam a minha vida
Reforçam os meus sonhos
Excitam o meu corpo
Provocam meus… Veja mais desejos.
Me fazem pensar que tenho amor, que transcendo a dor
Que posso me entregar, corpo e alma,
Embora eu seja apenas um deles. Stefano Nardi

Buscar por Ti

Buscar em meus sentimentos algo além de ti;É impossível para mim pois sei meu amor;Que minha notária identificação por você;Está deixando há muitos pessoas com um dor;Esse mesma que deixa outros com raiva;Dessa vez cancelar alguns planos é mero;Problema do destino pois temos o amor;A verdade que sabemos da nossa distração;Faltar com sua pessoa é muito duro;Grave e seguro e aguardo por ti.

Tempo Voa – Fim de Um Mundo

Agoniado perdi você;
Estou tentado entender;
Fantasia depois do prazer;
Noites de aventura, deusa
[da vida;
Bate em águas… Veja mais cristalinas;
Esse sentimento me agoniza
Céu mostrando seu aéreo;
Eu seu amado;
Triste desamparado;
Estamos no fim;
Perdi a paciência;
Fruto da ciência;
Construo, destruo, conquista;
Eterna gente maciça;
Corpo se vai;
Mente que nos trai;
Estamos no final da vida;
Tristeza concebida;
Poeta sentiu a dor;
Nem mesmo a flor;
Escapou do pudor;
A maravilha de menina;
perdida ou achada;
seria uma ciência inexata;
tempo voa, estou mesmo a toa;

Vida

Triste hoje estou
Decepcionado, desanimado;
Cheio de águas nos olhos;
Serei eu o mais azarado;
Nesse dia miserável;
Rancor com gosto de veneno;… Veja mais
Suave foi se, és tu;
Ganhei um beijo, melancólico desejo;
Abaixei e senti certo medo;
Inconsciente sonho ou veraneio;
Fim de uma vida, uma dor mal
[correspondida; Amei e não fui amado;
Deixei, mas não esqueci o passado;
Tentarei ir pra frente, sem que isso
[se torna algo no presente; Como você mesma diz meu mundo
[ é seu e demais ninguém
Acreditei nesse olhar, vendo o dia passar;
Amor de uma noite de verão;
Trevas e escuridão, sentimento toda nossa
[emoção;
Morri e nem percebi as horas que perdi;
Meses, anos, dias, convencer-te mesmo
[não podendo;
A vida fantasia uma melodrama;
Será alegria, gira o mundo;
Água bate e amacia, sede do
[conhecimento;
Estou aqui pensado em ti;
Viajei, descobri o empacaviro;
Amor é amor, paixão é paixão;
Arde, queima, transpira minha emoção;
Faltou coragem dizer “Eu te amo”;
Sua reação, sempre distinta de menina;
Recantada, séria, jeito d…