Jovem é acorrentada em delegacia no Ceará

Por falta de celas para mulheres, uma jovem de 18 anos foi acorrentada à grade de uma janela em uma delegacia no interior do Ceará.

Nayara Santos, que é suspeita de tentativa de homicídio, ficou presa por uma corrente a uma das janelas da cozinha da delegacia de Russas (a 162 km de Fortaleza).

Segundo a delegada Luciana Vale, durante a semana em que passou no local, ela não ficou o tempo todo acorrentada. Em alguns momentos, foi trancada em uma sala da delegacia.

A delegada informou que o procedimento foi adotado porque a delegacia não tem cela exclusiva para mulheres e a suspeita não poderia ficar com os homens.

Ainda de acordo com Vale, o presídio do município está interditado desde outubro. Com isso, a delegacia está superlotada: na segunda-feira (4), havia 38 presos em um espaço em que caberiam 8.

Vale disse que um ofício pedindo a transferência da presa foi enviado à Justiça no dia seguinte à prisão, mas que só ontem ela foi levada para um presídio feminino em outra cidade.

Para o Sinpoci (Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará), que denunciou a situação, o fato foi causado pela falta de condições nas delegacias.

"O que eles poderiam fazer? Colocá-la no xadrez com 30, 40 presos?", disse a presidente Inês Romero.

Fonte: Folha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas