Guarani vence Ituano, segue 100% e quebra tabu de seis anos

O Guarani não começava tão bem um Campeonato Paulista fazia seis anos. Neste sábado, o time de Campinas venceu por 1 a 0 o Ituano, em Itu, e acumulou duas vitórias nas duas primeiras rodadas, o que não ocorria desde de 2003. O gol da vitória foi do meia Bruno, no primeiro tempo, e deixou os alviverdes com seis pontos, na liderança da competição. Já o Ituano ficou com um, em zona intermediária.

"No futebol não pode dar bobeira. Ganhamos de 1 a 0, mas poderíamos ter tido um jogo mais tranqüilo se tivéssemos feito gols nas oportunidades que criamos", disse o goleiro Douglas, em entrevista à rádio Brasil 1270.

O time de Campinas vinha de uma vitória por 1 a 0 sobre a Portuguesa na estréia e tinha um bom retrospecto diante do adversário. Nas últimas cinco vezes que enfrentou o Ituano, uma pelo Paulista e quatro pela Série C do Brasileiro, venceu todas. No entanto, tinha que quebrar o tabu de não triunfar nas duas primeiras partidas do estadual desde 2003.

Duas das principais contratações, o zagueiro Danilo e o atacante Amoroso, ainda não estrearam, por causa das respectivas documentações. Ambos esperam por documentos vindos do exterior para terem a situação regularizada.

Já os donos da casa, que recebem investimentos da Traffic, vinham de um empate contra o atual tricampeão brasileiro São Paulo por 1 a 1 em pleno Morumbi.

O Jogo

O Guarani começou apertando a marcação na saída de bola do Ituano. Com isso, os anfitriões só conseguiam chegar ao ataque nas jogadas de ligação direta. Do outro lado, comandada pelo volante Glauber, que organizava o meio de campo, a equipe alviverde tinha melhor toque de bola.

Aos 31 minutos, a zaga local falhou e Bruno, que não estava cotado para começar a partida entre os titulares, tabelou com Cleverson e marcou um belo gol, acertando a bola no ângulo. Já o outro meia, Chiquinho, recém-contratado, demonstrou certa lentidão e não conseguia ligar o meio ao ataque.

Depois do intervalo, o jogo ficou mais aberto, com o Ituano em busca do empate, e o Guarani procurando explorar os espaços deixados pelos anfitriões. O técnico do Guarani, Luciano Dias, passou a fazer alterações para segurar o resultado, como a saída de Bruno para a entrada do volante Claudiney Rincón.

Mesmo assim, os visitantes criaram mais algumas chances, como a desperdiçada por Dairo, em chute para fora após passe de Fernando Gaúcho, que já havia driblado o goleiro. O time da casa, por sua vez, pouco assustou.

Na próxima rodada, o Guarani vai receber o São Paulo, às 22 horas, no Brinco de Ouro. No mesmo dia, só que às 19h30, o Ituano vai enfrentar o Oeste, em Itápolis.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas