segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Meu primeiro computador.


Achei uma enquete do OMEdI (O maior espetáculo da internet) que pergunta quando foi que você teve seu primeiro computador[bb] próprio. Me bateu um onda nostálgica para lembrar quando tive o primeiro contato com um computador. O ano foi, provavelmente, 1986, quando tinha 12 anos de idade, e foi num curso[bb] de Cobol, tínhamos muitas aulas teóricas de programação e poucas horas em contato com o computador. O computador que usamos, eu não tenho certeza, mas acho que era um Prologic. Lembro que ele era creme com teclas escuras.

CP-500

No mesmo ano fiz um curso de planilha eletrônica[bb] (acho que era Lotus) e editor de texto e este curso foi no maravilhoso CP500 com tela de fósforo verde de 12 polegadas. Era aos sábados das 8:00h às 17:00h.


Mas meu interesse sempre foi programar, o Cobol era estruturado demais para mim na época, então assim que terminei o curso no CP500 me matriculei no curso de BASIC que usava o esplendido TK-90X, que além de portátil, pois era ligado em um TV[bb] comum, tinha a capacidade para cores, não lembro de 8 ou 16.

Na mesma época meu primo tinha ganho um Expert da Gradiente que tinha o poderoso processador Z80 de 8 bits e duas entradas para cartucho, sempre tive inveja do modelo posterior que tinha uma unidade de disquete. Passamos a comprar a revista[bb] Input, especializada em programação BASIC, que trazia o código impresso de diversos programas. Passávamos horas digitando as linhas de código para rodar um jogo (uns com mais de 1000 linhas) e perder tudo quando o computador era desligado. Revista InputPara resolver este problema tínhamos um gravador cassete portátil para gravar e carregar os programas, me lembro do jogo Caça Fantasmas que levava uns 20 minutos para carregar (o barulho era atormentador) e eu nunca consegui jogar direito…

O meu primo me vendeu o Expert e este foi o meu primeiro computador. Não lembro o que fiz com ele, mas lembro de tê-lo desmontado algumas vezes p


Tudo isso já faz uns 20 anos, me surpreendi por lembra de tantos detalhes.

Nenhum comentário: