polícia prende pais suspeitos de espancar bebê de 4 meses


Ela deu entrada no Hospital Albert Schweitzer com fraturas e hematomas. Parentes contaram que criança apanhava com frequência.


Um bebê de quatro meses, do sexo feminino, deu entrada no Hospital Albert Schweitzer, na Zona Oeste do Rio, com fraturas e hematomas por todo o corpo.

Segundo a Polícia, ela teria sido espancada pelos próprios pais. Médicos e funcionários da unidade de saúde ficam chocados com o estado da vítima.

Segundo a polícia, o pai acusa a mãe, mas ela diz que foi o pai que espancou a menina. Os dois tiveram a prisão temporária decretada.

A criança deu entrada no hospital na tarde de quinta-feira (16), onde foi constatado que ela sofreu fraturas nas pernas, clavículas, braços e em duas costelas. Ela está com a maior parte do corpo engessada. O bebê foi transferido ainda na quinta para o CTI pediátrico do Hospital Azevedo Lima, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. O estado da vítima é grave, mas estável.

De acordo com a direção do hospital, a criança foi levada por uma tia, que teria dito no momento da internação que o bebê estava chorando muito , e que a mãe não estava cuidando dela direito.

Os médicos desconfiaram da história e acionaram a polícia. Agentes da 33ª DP (Realengo) foram até a casa da vítima, em Padre Miguel, na Zona Oeste.

Segundo a polícia, parentes e vizinhos disseram durante depoimento que a criança e sua irmã de 5 anos apanhavam com frequência.

Com base nos depoimentos e nos exames médicos, a polícia pediu a prisão temporária dos pais.

Os dois são acusados de tortura qualificada por lesão corporal grave e podem pegar até 13 anos de prisão.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas