Retropescto de muitos empates

Time que mais empatou na fase classificatória do Campeonato Paulista, o Corinthians avançará à decisão caso faça jus ao retrospecto a partir de 16 horas (de Brasília) deste domingo, contra o São Paulo, no Morumbi. A equipe de Mano Menezes venceu o primeiro jogo da semifinal por 2 a 1 e adquiriu a vantagem de jogar pela igualdade.

Invicto em 2009, o Corinthians já empatou nove vezes no Estadual - em 2008, foi eliminado com seis resultados iguais, apenas um a menos do que a Portuguesa. "O importante é que o nosso time não está perdendo. Isso mostra que o trabalho evoluiu muito do ano passado para cá. Mas nada disso valerá se não formos coroados com um título", priorizou Mano Menezes.

Embora dispute a Copa Libertadores da América, o São Paulo valoriza o Campeonato Paulista da mesma maneira que o treinador adversário. O goleiro Bosco, inclusive, está bastante confiante na eliminação do arquirrival no Morumbi. "Será um jogo em que precisamos vencer e não é fácil entrar tendo de ganhar, mas o São Paulo tem plenas condições de reverter. Uma vitória simples nos dá a classificação."

Já o Corinthians não pretende chegar ao seu décimo empate na competição para desclassificar o São Paulo. "De jeito nenhum", rebateu o atacante Dentinho, em opinião compartilhada por todo o elenco. A meta é uma nova vitória. "Precisamos jogar da mesma maneira como fizemos no primeiro jogo, indo para cima do São Paulo para fazer o resultado positivo, sem pensar em vantagem", acrescentou.

Cético em relação às vantagens adquiridas por São Paulo e Palmeiras na primeira fase, Mano Menezes não chega a ser radical. "Claro que a vantagem pode fazer alguma diferença. Não podemos desprezá-la, mas isso em determinado momento do jogo. O São Paulo sempre faz gols no Morumbi. Ou seja, não podemos deixar de atacar para tentar a classificação com um 0 a 0", analisou.

Já Muricy Ramalho, que era vizinho de Mano Menezes em um flat quando ambos trabalhavam no Rio Grande do Sul, tem a certeza não apenas de que o São Paulo vazará o goleiro Felipe, mas também da classificação de sua equipe. "Os mandantes ganharam os primeiros jogos, mas nos próximos quem joga em casa pode se classificar com uma vitória. Por isso, acho que vai dar São Paulo e Palmeiras", apostou, em declaração que irritou os jogadores do Corinthians. "Se o Muricy soubesse tanto de futurologia, ele já tinha ganhado na loteria", ironizou o zagueiro William.

Depois da repercussão negativa que sua aposta gerou no lado alvinegro, Muricy reafirmou sua previsão da classificação tricolor. "Isso é confiança no meu time. Se perguntarem no Corinthians, o pessoal lá vai dizer que vai perder? Eu devo falar que vamos ganhar. Não ofendi em nada e só falei que confio no meu time", defendeu-se.

Para conseguir o resultado positivo, o São Paulo precisará superar alguns desfalques. A principal baixa é o goleiro Rogério Ceni, que fraturou o tornozelo esquerdo e será substituído por Bosco. "Chegou o momento decisivo e espero fazer um grande trabalho. Não quero ser o ator principal, e sim fazer parte de um elenco que vai conquistar títulos", comentou o arqueiro.

Além de Ceni, o Tricolor não terá o zagueiro André Dias, que está suspenso e será substituído por Renato Silva. A lista de ausências ainda tem os meio-campistas Arouca e Zé Luis, ambos com dores musculares. Desta forma, a dúvida está na ala direita, já que os dois volantes são as primeiras opções do técnico para o setor.

Especialistas da posição, Wagner Diniz e Joilson disputam a vaga na direita, mas também há a possibilidade de o treinador deslocar o zagueiro Rodrigo para o setor, o que abriria lugar para Richarlyson no meio-campo. "Sentiremos falta dos jogadores que vinham em uma boa sequência. Mas o São Paulo montou um elenco forte, pensando nessas circunstâncias", confiou Bosco.

O Corinthians, por sua vez, não tem desfalques para o clássico. Ainda assim, o técnico Mano Menezes prometeu esconder a sua escalação até minutos antes de a equipe entrar em campo. "Isso é importante. Para mim, facilita muito saber como o adversário vai jogar. Tenho certeza que o Muricy também não adiantará o que vai fazer", justificou o comandante, ciente do mistério feito pelo são-paulino.

O goleiro Felipe, os laterais Alessandro e André Santos, os zagueiros William e Chicão, os meio-campistas Cristian, Elias e Douglas e os atacantes Dentinho e Ronaldo são titulares praticamente certos neste domingo. Para preencher a vaga restante, resta saber se Mano Menezes escalará novamente um Corinthians bastante ofensivo com Jorge Henrique no ataque, optará por reforçar a armação com a entrada de Morais ou Boquita ou será cauteloso com a presença de Fabinho.

Fonte: GazetaEsportiva.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas