segunda-feira, 20 de abril de 2009

Bernardinho convoca mais um jogador para fazer parte da seleção brasileira

Raphael Vieira se juntará a outros seis jogadores em Saquarema

Mais um jogador foi chamado para fazer parte da seleção brasileira masculina de vôlei, que disputará a Liga Mundial 2009 . Nesta segunda, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou o nome do levantador Raphael Vieira, do Callipo Sport (ITA), convocado pelo técnico Bernardinho.

Com apresentação prevista para a próxima segunda-feira, dia 27, ele se juntará a outros seis jogadores que já estão treinando no Centro de Desenvolvimento, em Saquarema: o ponteiro Murilo e o meio-de-rede Sidão, do Modena (ITA); o oposto Rivaldo, do Pineto (ITA); o oposto João Paulo, do Joinville; e o líbero Alan, que estava na Rússia e atualmente está sem clube. O oposto Samuel, do Suzano, também está no centro, mas como convidado.

O Brasil está no grupo D da fase intercontinental da Liga Mundial e enfrentará Polônia, Finlândia e Venezuela.

As primeiras partidas brasileiras na competição serão nos dias 13 e 14 de junho, contra a seleção polonesa, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Depois, o time verde-amarelo enfrentará os finlandeses, também em duas partidas, nos dias 19 e 20 de junho, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília. Na terceira rodada, o confronto será novamente com a Polônia, desta vez na casa do adversário, nos dias 26 e 28.

Em seguida, o Brasil continuará na Europa, e enfrentará Finlândia, nos dias 03 e 05 de julho. Finalizando o tour, os brasileiros jogarão contra a Venezuela, nos dias 10 e 12 de julho. Na última rodada da fase intercontinental, a equipe comandada por Bernardinho jogará novamente contra os venezuelanos, mas em Belo Horizonte, nos dias 18 e 19 de julho, no ginásio do Mineirinho.

Caso consiga uma vaga na fase final, a seleção brasileira jogará na Sérvia, entre os dias 22 e 26 de julho. Os primeiros colocados de cada chave passam à fase final e unem-se a Servia (país-sede) e a uma equipe que será convidada pela Federação Internacional de Volleyball (FIVB).

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário: