Sem Dentinho, Timão abandona o 4-3-3

Mano Menezes não tem atacante com as mesmas características e quatro jogadores brigam pela vaga para enfrentar o Santos no domingo


Morais em um de seus poucos jogos em 2009, contra a Portuguesa

O esquema 4-3-3 funcionou perfeitamente no Corinthians nos dois últimos jogos. Diante do São Paulo, atual tricampeão brasileiro, o Timão não se intimidou e obteve duas vitórias, chegando à final do Campeonato Paulista. Mas, para a primeira decisão diante do Santos, domingo, às 16h, na Vila Belmiro, o técnico Mano Menezes precisará deixar de lado a formação pela ausência do atacante Dentinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

- Não temos um jogador com a mesma característica. Vamos adaptar e encontrar uma formação diferente – afirmou.

Sem Dentinho, Mano deve recorrer ao 4-4-2 novamente. Os atacantes reservas são Marcelinho, Souza e Otacílio Neto. Como a primeira partida é na Vila Belmiro, ele pode reforçar a marcação. Assim, os volantes Túlio e Fabinho surgem como as opções. Caso opte por dar a Douglas um companheiro na armação, as possibilidades são Boquita e Morais.

O comandante alvinegro, entretanto, faz questão de ressaltar que o esquema tático não será fundamental para que o Timão conquiste um bom resultado na casa do adversário. Mano cobrou a mesma disposição que o grupo teve nas duas vitórias sobre o Tricolor.

- Não podemos perder a personalidade. Foi assim que crescemos na reta final. Eu sabia que esse time tinha potencial para melhorar agora. É uma questão de postura e confiança – completou.

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas