domingo, 26 de abril de 2009

Jogador da um soco em clássico paulista e juiz nada fez

Se não é a torcida que dá mau exemplo com o cotidiano de violência, os jogadores fazem as vezes de selvageria. No primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, o volante do Santos, Germano perdeu a cabeça.

Com 2 a 0 no placar para o Corinthians – gols de Chicão e Ronaldo -, naquele momento, o santista acertou um soco no rosto do zagueiro Chicão logo aos 4 minutos da segunda etapa.

Os dois se agarraram na área a espera de cobrança de falta do Santos. Quando a bola rolou, Germano socou o corintiano, que ficou deitado no gramado. O árbitro Wilson Luiz Seneme não viu e nada fez.

Mas as câmeras de TV flagraram e ele deve ser punido exemplarmente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Fonte: Futebol Interior

Nenhum comentário: