Golaços fenomenais deixam Timão na cara do título!!!



Santos e Corinthians na hora da verdade na Vila Belmiro. De última hora, Vágner Mancini definiu Pará no lugar de Brum. Já Mano Menezes optou por Morais no lugar de Dentinho (suspenso). Timão vai todo de preto e o Peixe, todo de branco.

Partida começou cadenciada. Alvinegro paulista fechado, retrancado até os dentes. Donos da casa com mais posse de bola, porém sem correria desenfreada em busca do úncio resultado que interessa, ou seja, a vitória. Falta em André Santos. Pará deveria ter levdo amarelo. William errou na reposição de bola e, por pouco, Kléber Pereira não aproveitou.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL Chicão!!!

Morais desceu pela esquerda e cruzou, zaga santista cortou, quando Ronaldo se preparava para concluir. Três becões ficaram em cima de Ronaldo. Atacante tinha de vir até meio-campo para buscar jogo. Pará, levou cartão amarelo por falta em Morais e está fora do segundo jogo da final, domingo próximo, no Pacaembu.

Na cobrança, Chicão cobrou com perfeição. Bola desviou na barreira e tirou goleiro Fábio Costa do lance: 1 a 0. Zagueiro marca o oitavo gol na competição, seis de pênalti e dois de falta. Peixe sentiu o golpe. Madson e Neymar tentaram reorganizar as coisas pela esquerda. Germano entrou por trás de Douglas. Meteu o joelho nas costas do camisa 10. Juiz nada marcou.

Para o time

Curiosidade: Ronaldo se deu inteiro no jogo. Além de voltar para buscar jogo no meio-campo, marcou descida do volante adversário no campo do Corinthians. Neymar tropeçou em Jorge Henrique e pediu pênalti. Wilson Luís Seneme ignorou uma provável falta ou tentativa de cera por parte do santista.

Madson, aos 22 minutos, arriscou o primeiro chute a gol do Peixe. Felipe pegou com tranquilidade. Na sequência, bandeirinha assinalou impedimento de Paulo Henrique. Santistas reclamaram muito. André Santos entrou firme em Germano e levou cartão amarelo.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL Ronaldo!!!

Contra-ataque mortal do Corinthians. Chicão estourou para frente. Ronaldo dominou na frente de Fabão. " Matou" a bola de pé direito e bateu para o fundo das redes de Fábio Costa de esquerda. Um golaço. O sétimo gol do Fenômeno no Paulistão.

Magnífico. Ronaldo dominou na direita. Percebeu Douglas entrando de centroavante e fez um lançamento de 40 metros. Goleiro Fábio Costa foi mais esperto e saiu antes. Outro amarelo: Elias derrubou Neymar. Cristian leva amrelo. Deu uma dura em Neymar, que retrucou. Fabão "sarrafou" Ronaldo e amarelou também. Fenômeno, de fora da área, bateu de primeira, por cima.

São Felipe!!!

Kléber Pereira, impedido, entrou cara a cara com Felipe e perdeu a bola para o camisa 1. No rebote, Neymar pegou de primeira e de novo Felipe tocou para escanteio. Nervos santistas à flor da pele. Mancini e Mano bateram boca no banco de reservas. Triguinho chutou e Felipe tocou para escanteio. Na cobrança, Fabão meteu a cabeça na bola e Felipe salvou de novo. Madson arriscou de fora de longe e Felipe encaixou.

Mudança no Timão

Para a etapa final, Timão voltou sem Jorge Henrique e com Fabinho. Assim, Elias passou a ocupar a lateral-direita. Morais deu "carrinho" em Madson e levou cartão amarelo de cara. Pará foi à linha de fundo e cruzou, Fabiano Eller subiu e cabeciou para fora. No lance, Germano deu um soco no rosto de Chicão. Seneme nada viu.

No rebote, Pará chuta de çprimeira, por cima. Timão muito cedo quis administrar o resultado. Com Fabinho em campo, a marcação melhorou. Mesmo assim, Triguinho cruzou, Kléber Pereira testou para fora. Santos bateu na tecla do jogo aéreo. Paulo Henrique, então, cabeciou para dentro da área. Neymar ficou livre na frente de Fábio Costa e mandou para fora.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, Triguinho!!!

Madson percebeu a entrada de Triguinho por trás da zaga. Rolou a bola e o lateral cruzou. Bola bateu no pé do goleiro e foi para o fundo do gol: 1 a 2. Peixe ficou animado e partiu para tentar o empate e a virada. O caminho das pedras era Alessandro, pela direita. Perdia todas para Madson e Triguinho.

Chicão esbarra em Paulo Henrique, toma cartão amarelo e está fora da final no Pacaembu. Mano, então, sacou Douglas e colocou Boquita. Mancini, por sua vez, tirou Kléber Pereira e colcou Roni. Saiu Paulo Henrique e veio Robson. Maicon Leite de Triguinho.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, Ronaldo!!!

Elias tabelou com Ronaldo. Fenômeno deu um drible de calcanhar em Triguinho, notou Fábio Costa saindo do gol e, por cobertura, deixou o Corinthians com a mão na taça: 3 a 1. Cristian levou uma pegada de Germano e saiu para a entrada de Túlio.

Bola veio rolada de trás, Robson chutou forte para mais uma grande defesa de Felipe. Germano tomou cartão amarelo depois de fazer falta em Morais. Alessandro chegou na linha de fundo e mandou na medida para Elias, que desperdiçou o lance.

Timão, agora, pode perder até de 2 a 0 que será campeão, no próximo domingo, no Pacaembu.

Fonte: Chico Lang
Voltar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas