terça-feira, 21 de abril de 2009

Corinthians cancela viagem a Extrema e fica em São Paulo

"Preciso dar um aviso de última hora", anunciou o técnico Mano Menezes durante a entrevista nesta manhã de terça-feira no Parque São Jorge. Lembrando o estilo do presidente Andrés Sanchez de fazer anúncios, o que o treinador corintiano queria adiantar era o cancelamento da concentração do Timão nesta semana: "Não vamos a Extrema".

A viagem marcada para esta quarta não acontecerá mais porque o Hotel Fazenda das Amoreiras, que receberia o Corinthians até o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista contra o Santos, está aquém do esperado por Mano. E o comandante, para não correr riscos de ter a semana de treinos prejudicada, optou por ficar em São Paulo.

"Vamos fazer a preparação aqui em São Paulo por questões técnicas", citou Mano. "Já estivemos observando o local que nos receberia, solicitamos algumas melhoras para que fosse possível treinar lá. Mas ontem (segunda-feira) fomos lá novamente e principalmente o campo de treinamento não está em condições ideais. O que foi sugerido não foi realizado", observou o treinador.

Extrema, a 110 km de São Paulo, era o retiro plano B do Corinthians para uma preparação longe do assédio na capital. A primeira opção do Timão era Itu, mas a Portuguesa ocupa atualmente o Spa Sport, preparando-se para a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro.

"Acontece que eu viajaria a Extrema para trabalhar, não para fazer turismo. E se a condição do local não é tão boa, vamos ficar aqui. Temos uma maneira de conduzir a semana de trabalhos aqui para não perder essa condição de trabalho", complementou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: