quarta-feira, 29 de abril de 2009

BC corta 1 ponto, e juros passam a 10,25%, os menores desde 1999

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu na noite desta quarta-feira reduzir a taxa básica de juros (a Selic), em 1 ponto percentual, passando de 11,25% para 10,25% ao ano. É a menor taxa desde que a Selic passou a ser usada como meta da política monetária, em 5 de março de 1999. Foi a terceira redução consecutiva.

O corte já era esperado por economistas diante da deterioração de alguns indicadores econômicos como emprego e produção em razão da crise global.
A justificativa do comitê foi a seguinte: "Avaliando o cenário macroeconômico e visando ampliar o processo de distensão monetária, o Copom decidiu reduzir a taxa Selic para 10,25% ao ano, sem viés, por unanimidade." A próxima reunião do Copom ocorre nos dias 9 e 10 de junho.

No início do mês, o presidente do BC, Henrique Meirelles, disse que o Brasil deveria sair da crise antes que os outros países e sugeriu que novos cortes nos juros poderiam acontecer para permitir um crescimento sustentável e sem os "desequilíbrios do passado".

Quem decide os juros
O Copom foi instituído em junho de 1996 para estabelecer as diretrizes da política monetária e definir a taxa de juros.

O colegiado é composto pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e os diretores de Política Monetária, Política Econômica, Estudos Especiais, Assuntos Internacionais, Normas e Organização do Sistema Financeiro, Fiscalização, Liquidações e Desestatização, e Administração.

Fonte: Banco Central

Nenhum comentário: