quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Saiba por onde andam os campeões mundiais

Goleiro: Dida – A muralha do Parque São Jorge segue no Milan. O maior pegador de pênaltis dos últimos tempos, porém, amarga a reserva e já chegou a cogitar voltar ao Brasil.

Lateral-direito: Índio – Sim, ele mesmo. Índio, o jogador que cantava músicas indígenas a cada vitória. Muitos pensam que ele já encerrou a carreira, mas Índio vai jogar o Campeonato Pernambucano pelo Vitória de Santo Antão.

Zagueiro: Adilson – Antes só Adilson, hoje Adilson Batista. O xerifão da zaga alvinegra é hoje técnico do Cruzeiro e se prepara para disputar a Libertadores, após ficar na terceira colocação do Brasileirão.

Zagueiro: Fábio Luciano – Zagueiro técnico, Fábio Luciano segue no Flamengo, onde conquistou a paixão do torcedor. Ele tem a missão de ajudar a recolocar o Fla na Libertadores.

Lateral-esquerdo: Kleber – O bom lateral, que fez parte do melhor lado esquerdo do mundo, segundo o técnico Carlos Alberto Parreira, se divide entre os jogos do Santos e da Seleção Brasileira.

Volante: Rincón – O colombiano se perdeu um pouco. Ele chegou a ter uma outra passagem pelo Timão, mas não deu certo. Tentou ser técnico do São Bento, da Série A2 Paulista, mas também falhou. Chegou a ser preso e hoje cuida de seu café.

Volante: Vampeta – O fanfarrão temido pelos são-paulino pendurou as chuteiras após ser rebaixado com o Juventus. Mas vira e mexe ele aparece para cutucar os rivais e exaltar seu amor pelo Timão.

Meia: Marcelinho Carioca – Ídolo da Fiel até os dias de hoje, o pé-de-anjo ajudou o Santo André a conquistar o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro e agora se prepara para disputar o Paulistão.

Meia: Ricardinho – Habilidoso com sua perninha esquerda, Ricardinho segue ganhando dinheiro e encantando os torcedores do Al Rayyan, time do Qatar.

Atacante: Edilson – O capeta. O homem das embaixadinhas. O rápido atacante que meteu uma "caneta" em Karembeu, do Real Madrid-ESP, durante o Mundial, pendurou as chuteiras e curte o sol da Bahia.

Atacante: Luizão – O atacante dos quatro grandes paulistas e das batinhas no peito após cada gol, Luizão ainda procura um time para a temporada 2009. Ele estava no São Caetano, ano passado, mas não renovou.

Técnico: Oswaldo de Oliveira – O pupilo de Vanderlei Luxemburgo é idolatrado no Japão. Oswaldo de Oliveira, que abraçou os corintianos no Maracá (quem não se lembra daquela imagem épica) tornou-se o primeiro técnico bicampeão japonês, desde que foi adotado o sistema de pontos corridos, em 2005. No Kashima Antlers, ele também bateu o recorde de vitórias consecutivas na história da competição (nove) e foi eleito o melhor técnico do país.

Reservas: Volante: Gilmar – Gilmar Fubá entrou na vaga de Vampeta durante a prorrogação. Com preparo físico invejável, ele defendeu o Red Bull ano passado durante a Segundona Paulista.

Meia: Edu – O xodó da Fiel entrou na vaga de Ricardinho no intervalo. Hoje ele defende as cores do Valência, da Espanha, após se recuperar de uma cirurgia.

Atacante: Fernando Baiano – O exímio batedor de pênalti entrou na vaga de Edilson no segundo tempo da prorrogação. Hoje ele defende as cores Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos.

Fonte: Timão Web

Nenhum comentário: