sábado, 10 de janeiro de 2009

Kanouté é multado por manifestar apoio a palestinos


O comitê de competição da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) multou nesta sexta-feira o jogador franco-malinês do Sevilla, Frédéric Kanouté, por ter exibido na camiseta o apoio aos palestinos após marcar um gol.

O valor da multa aplicada pela entidade é de 3 mil eurosm valor máximo imposto a jogadores que infringem a regra de não exibir mensagens políticas ou religiosas. Aos 31 anos, Kanouté é punido pela segunda vez na carreira por ter expressado suas convicções religiosas. Além desse episódio, Kanouté, que se converteu ao Islamismo ainda na juventude, já foi sancionado pelo Sevilla por esconder o logo do patrocinador do clube em comemorações de gols.

Kanouté, após marcar um gol contra o Deportivo de La Coruña em um jogo pela Copa do Rei, retirou a camisa e na malha que usava por baixo estava escrito "Palestina" em vários idiomas.

O franco-malinês foi multado de acordo com o artigo "120 bis" dos estatutos da RFEF, que considera falta grave "exibir qualquer tipo de publicidade, lema, legenda, siglas, anagramas ou desenhos, sejam quais forem seus conteúdos ou finalidade", justificou o comitê.

"Era algo que sentia que tinha que fazer", disse à rede de televisão Telecinco o jogador do Sevilla, acrescentando que "todo o mundo deve se sentir um pouco responsável quando há uma injustiça tão grande. Sou 100% responsável pelo que fiz".

Frédéric Kanouté, 31 anos, nascido na França, é muçulmano e conhecido por suas ações humanitárias. Criou uma fundação que ajuda os órfãos do Mali e impediu a demolição de uma mesquita em Sevilha, contribuindo com meio milhão de euros, segundo a imprensa espanhola.

Descendente de malineses, o atacante jogou pela categoria de base da França, mas preferiu defender as cores de Mali na seleção principal. Nos clubes, começou no Lyon e teve passagens por West Ham e Tottenham, antes de chegar à equipe espanhola.

Fonte: Gazeta Press.

Nenhum comentário: