sábado, 17 de janeiro de 2009

Estreantes resolvem e Timão goleia Estudiantes

Jorge Henrique e Souza roubaram a cena. Ronaldo viu tudo das cabines.


Novo Corinthians começou bem a temporada: 5 a 1 em cima do Estudiantes (Foto: Ari Ferreira)

Ronaldo vestiu o uniforme, calçou o par de chuteiras, pisou no gramado do Pacaembu e posou para a foto oficial do novo Corinthians. Mas ainda não foi neste sábado que ele estreou. O Fenômeno subiu para as cabines da TV Globo e assistiu a um passeio do Timão no amistoso contra o Estudiantes, no Pacaembu. O camisa 9, aliás, já precisa se preocupar. Foram gols dos estreantes Souza e Jorge Henrique que construíram a goleada por 5 a 1 a favor do Timão.

- Esse jogo vai ficar marcado na vida do Jorge. É um jogador que tem muita velocidade, muita qualidade e é inteligente - elogiou Ronaldo, dando seus pitacos na TV.

Enquanto o Fenômeno esteve nas cabines, durante o primeiro tempo, o Timão deu show. Encarou o amistoso como um jogo de Libertadores - grande obssessão para 2010 - e bateu de frente com a equipe argentina, que também não estava nada amistosa. O atacante Fernandéz se estranhou com Cristian logo no início e quase iniciou uma confusão. A animosidade durou poucos minutos.

Com a bola rolando, só deu Corinthians na primeira etapa. O protótipo desse Timão-2009 deu boas mostras de que pode ser um time mais envolvente do que o da Série B. Com Elias jogando mais avançado (e chegando bem na área), Douglas ganhou um parceiro qualificado para armação de jogadas enquanto a marcação fica a cargo de dois volantes, em vez de um, como ano passado.

Mais equilibrado no meio-de-campo, o toque de bola corintiano prevaleceu. Em uma dessas trocas de bola, Douglas deu lindo passe para Souza, que teve tranquilidade para servir Jorge Henrique. 1 a 0.

O camisa 23, bastante à vontade na nova equipe, chamou a atenção da torcida. A cada carrinho ou tentativa de chute a Fiel se empolgava. O Estudiantes, que perdeu Verón na última hora com uma lesão no pé, ficou sem seu principal articulador. Dessa forma, ficou mais fácil para o Timão se impor. O segundo gol veio naturalmente, após lançamento de Elias e finalização certeira de Jorge Henrique. E tome elogios do Fenômeno...

- Ele é muito rapido, nessa jogada ele acreditou no erro do zagueiro e conseguiu fazer o gol. O Jorge está bem demais.

A segunda etapa, sem Ronaldo na cabine, foi morna. O Estudiantes fez uma série de substituições e perdeu ainda mais sua força. O Corinthians, em ritmo lento, pouco assustava.

O panorama só mudou com o susto que os argentinos deram. Após confusão na área, Carrasco ficou sozinho na pequena área e diminuiu. Aí sim, o Timão acordou. Um minuto depois, Souza recebeu na área, dominou e chutou com força para marcar seu primeiro gol com a camisa corintiana. No final, o zagueiro William também deixou o seu de cabeça, após falta cobrada por Cristian. E Otacílio Neto fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians, em jogos oficiais.

A nova dupla de ataque (e o reserva imediato) já mostrou a que veio. Enquanto Dentinho e Ronaldo estão fora, Souza e Jorge Henrique começam a conquistar Mano Menezes e a Fiel. O Fenômeno que se cuide...

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 5 X 1 ESTUDIANTES (ARG)

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 17/1/2009 - 16h20
Árbitro: Rodrigo Bragheto (SP)
Assistentes: Giovani Canzian (SP) e Matheus Camolesi (SP)
Renda/público: não disponíveis
Cartões amarelos: Souza, Túlio (COR); Fernandéz, Sanchez, Desábato, Andújar (EST)
Cartões vermelhos: Sanchez (EST)
Gols: Jorge Henrique, 31'/1ºT (1-0); Jorge Henrique, 40'/1ºT (2-0); Carrasco, 23'/2ºT (2-1); Souza, 24'/2ºT (3-1); William, 33'/2ºT (4-1); Otacílio Neto, 41'/2ºT (5-1)

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William (Jean, 40'/2ºT) e André Santos (Wellington Saci, 41'/2ºT); Túlio (Fabinho, 37'/2ºT), Cristian, Elias (Diogo, 40'/2ºT) e Douglas (Eduardo Ramos, 34'/2ºT); Jorge Henrique (Otacílio Neto, 25'/2ºT) e Souza. Técnico: Mano Menezes

ESTUDIANTES: Andújar, Angeleri (Rojo, intervalo), Alayes (Federico Fernandez, 20'/2ºT) e Desábato; Cellay, Pérez, Sanchez, Benítez (Iberbía, 14'/2ºT), Galván (Nuñez, 10'/2ºT) e Fernandéz (Salgueiro, 19'/2ºT); Calderón (Carrasco, intervalo). Técnico: Leonardo Astrada.

Nenhum comentário: