Estado diz que perdoa dívida com hospital se casal se casar

Gary Johnson deve US$ 3,8 mil de despesas pelo nascimento da filha. Para Rebecca, seu casamento não deve ser preocupação do estado.



Ampliar Foto Foto: Reprodução/Flint Foto: Reprodução/Flint
Estado de Michigan diz que perdoa a dívida se Gary Johnson se casar com Rebecca Witt. (Foto: Reprodução/Flint)

O norte-americano Gary Johnson deve quase US$ 3,8 mil de despesas médicas referentes ao nascimento de sua filha, em Flint, em Michigan (EUA), mas o estado diz que perdoa a dívida se ele se casar com Rebecca Witt, segundo o jornal local "Flint".

No entanto Rebecca diz que seu casamento não deve ser uma das preocupações do estado. "Eu acho que ninguém deve me dizer quando devo me casar", disse ela. "Eu gostaria de ter um bom casamento e posso esperar por ele", acrescentou Rebecca.

Há cinco anos, a legislação de Michigan permite que o estado renuncie a dívida referente ao parto da mãe quando o pai aceita se casar. No entanto, se isso não acontecer, Gary Johnson precisa pagar as despesas médicas.

Para o porta-voz da Associação da Família Americana, Michael DePrimo, o governo tem autoridade para incentivar o casamento e deve usar esse poder para o bem geral e a estabilidade da sociedade. "O núcleo familiar é o alicerce da civilização", disse ele.

Rebecca e Gary vivem juntos e têm outros dois filhos --JaeLyn e Gage. Segundo a mulher, eles querem se casar, mas esse não é o melhor momento. Ela contou que Gary não tem a cópia da certidão de nascimento. Segundo Rebecca, ninguém deve decidir por eles.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas