segunda-feira, 19 de julho de 2010

Na apresentação à Inter, Philippe Coutinho se compara a Sneijder

O meia Philippe Coutinho foi apresentado comojogador do Inter de Milão na manhã desta segunda-feira, após a sessão de treinos do Centro de Treinamento Angelo Moratti. O técnico Rafael Benitez anunciou o jogadorcomo "um jovem com muitas qualidades":

- Ele pode ser o futuro do clube e esperamos que ele seja muito bom para nós - disse o espanhol ao site do clube.


Ao microfone, o ex-vascaíno falou duas frases em italiano antes de se render aos serviços do intérprete.

- Estou muito feliz de estar aqui. Espero muitos títulos e satisfazer os torcedores.

Para os repórteres que perguntaram sobre a sua posição, Coutinho deixou claro onde gosta de jogar. E se comparou ao carrasco holandês do Brasil na Copa da África do Sul e seu novo companheiro de clube.

- Sou meio-campo. Gosto de jogar atrás dos atacantes e atacar, então, sim, sou um pouco como o Sneijder. Meus exemplos de jogador? Robinho e Kaká. Comparações com Pato. Fico lisonjeado, mas somos jogadores diferentes. Ele é um atacante, eu sou mais um meia.

Coutinho assinou com o Inter há dois anos e permancecu no Vasco até o mês passado, quando completou 18 anos.

- Quando soube do interesse do Inter fiquei muito empolgado. Todo jogador brasileiro sonha em jogar em um time grande da Europa. Quando o acordo foi feito eu não pude esperar para começar. Ter a chance de jogar com brasileiros como Júlio César, Maicon e Lúcio é um sonho que vira realidade. Eu costumo vê-los na TV e agora vou treinar com eloes.

Mas antes, o meia tem uma prioridade.

- Agora eu quero aprender italiano rapidamente e me estabelecer o mais rápido possível. Sou uma cara nova no futebol italiano então eu tenho que mostrar o que eu posso fazer.

Sobre Seleção Brasileira, Coutinho não tem pressa:

- Ainda é um longo caminho. Primeiro eu tenho que fazer o melhor pelo Inter e jogar bem a Série A. Mas é um sonho ser convocado para jogar na Seleção.

Nenhum comentário: