sexta-feira, 19 de junho de 2009

'Papa taças' no Corinthians, Elias promete jogar Libertadores

Há pouco mais de um ano no Corinthians, Elias ainda não sabe como é deixar um torneio sem ser campeão pela equipe. Para manter a escrita, é preciso que o time não perca por mais de dois gols de diferença em 1º de julho, quando visita o Inter na final da Copa do Brasil. E, a partir daí, ignorar propostas da Europa para "fazer história no centenário".

"Estou dentro do sonho. Quero disputar a Libertadores, ainda mais pelo Corinthians", garantiu o meio-campista, sondado em diversos clubes do exterior depois de ser eleito o melhor de sua posição no último Campeonato Paulista.

Depois de ser vice-campeão estadual em 2008 pela Ponte Preta, o camisa 7 não pôde jogar a Copa do Brasil do ano passado. Atuou apenas na Série B do Campeonato Brasileiro e foi campeão, assim como no Campeonato Paulista de 2009. Feitos que o fazem abrir um sorriso.

"Isso é muito bom para o profissional. Quando você é vitorioso, é valorizado, lembrado, entra para história do clube. Foi o meu propósito quando cheguei: conseguir o acesso e levar a equipe para a Libertadores no ano do centenário", relembrou o jogador.

Preocupado em não motivar o Internacional, o volante reforça o discurso de que a Copa do Brasil ainda não está decidida. Mas admite que estar na Libertadores de 2010 é algo mais próximo depois da vitória por 2 a 0 na primeira final, no Pacaembu.

"Jogando a Libertadores e sendo campeão pelo Corinthians, entro para a história do clube. E temos tudo para colocar o Corinthians novamente na Libertadores", projetou, ciente de que o Timão está fora do maior torneio das Américas desde 2006.

Nenhum comentário: