segunda-feira, 29 de junho de 2009

Corinthians treina em xará e tem apoio "estabanado" de torcida

A quilômetros de São Paulo, os comandados de Mano Menezes quase se sentiram em casa durante a preparação desta segunda-feira. As atividades aconteceram em Curitiba, no estádio do J. Malucelli, clube da primeira divisão paranaense que mudou o nome para Corinthians Paranaense.


Torcida do Corinthians comparece ao treino em Curitiba

Além da distância, o "quase" ficou por conta das trapalhadas nos gritos de guerra que vinham das arquibancadas. Exceto no já consagrado tema "Bando de Loucos", a empolgação era interrompida muitas vezes durante o canto porque quase ninguém sabia a continuação da letra. A pausa forçada era encarada com bom humor e seguida de gargalhadas.

Não faltou animação entre os mais de trezentos fãs alvinegros. "O Corinthians tem a maior torcida do Paraná", declarou Elidimara Musial, provocando Atlético-PR, Coritiba e Paraná. A presença da equipe atraiu um público heterogêneo. Em visita à namorada no Brasil, o estudante norte-americano Nathan Taylor acompanhou tudo, apesar de admitir mal conhecer futebol. "Quis ver Ronaldo de perto, conhecê-lo seria incrível", disse.

No entanto, Ronaldo e os outros atletas do grupo nem chegaram perto de onde estava a torcida, que ficou próxima do gol oposto ao que os jogadores treinavam.

Mano Menezes fez mistério e ensaiou jogadas de bola parada por quase uma hora antes de liberar a entrada ao local. Com a imprensa devidamente posicionada, viu-se o tradicional rachão com o campo reduzido pela metade.

Nesta terça-feira, o Corinthians realiza outro treino leve à tarde e embarca para Porto Alegre na sequência. A expectativa é que André Santos se reintegre às atividades em grupo.

Nenhum comentário: