sexta-feira, 26 de junho de 2009

Guarani vence o São Caetano e supera campanha do Corinthians na Série B

O Guarani segue imbatível na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe do interior paulista venceu o São Caetano por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Brinco de Ouro, em Campinas, e manteve a liderança isolada da competição. O resultado também fez com que o clube alviverde superasse a campanha que o Corinthians realizou na Segundona do ano passado - são sete vitórias e um empate contra seis triunfos e dois empates do clube da Capital.

A boa campanha deixou o Guarani com uma boa vantagem na primeira colocação. O time campineiro chegou aos 22 pontos contra 15 do vice-líder Brasiliense, que joga neste sábado contra o Paraná Clube, em Curitiba. Já o São Caetano segue na zona do rebaixamento, na 19ª posição, com apenas quatro pontos, e corre o risco de terminar a rodada na lanterna da Série B, caso o Campinense-PB derrote o Ceará.

A partida desta sexta-feira confirmou o momento vivido pelas duas equipes. Dono da segunda melhor defesa da Série B, com apenas cinco gols sofridos, o Guarani completou sua quarta partida sem ser vazado. O time campineiro, porém, obteve quatro de suas sete vitórias pelo placar de 1 a 0. Já o ataque o São Caetano segue como o pior do campeonato, com apenas três gols marcados.

Na próxima rodada, o Guarani defende sua invencibilidade contra o Vila Nova, sexta-feira, às 21h (horário de Brasília), em Goiânia. O São Caetano busca a reabilitação diante do Atlético-GO, sábado, às 21h, no ABC paulista.

As duas equipes fizeram um primeiro tempo de muitas faltas e pouco futebol. A etapa inicial foi truncada, com quatro cartões amarelos. Até os 40 minutos, o único momento em que as torcidas vibraram ocorreu aos 29, quando o árbitro Rodrigo Cintra caiu no gramado após um escorregão.

Mas uma falha grosseira do goleiro Luiz mudou o panorama no fim da primeira etapa. Aos 41 minutos, Andrezinho cobrou falta em direção ao meio da área, o camisa 1 do São Caetano soltou a bola nos pés de Ricardo Xavier e o atacante apenas tocou para as redes. O gol animou o Guarani, que perdeu uma chance incrível de ampliar o marcador. Maranhão recebeu na pequena área, mas isolou a bola pela linha de fundo.

O bom momento do fim do primeiro tempo não prosseguiu após o intervalo. O Guarani continuou melhor na partida e com maior posse de bola, mas errando muitos passes e com dificuldade para furar a defesa do São Caetano. Assim como na etapa inicial, o árbitro Rodrigo Cintra escorregou novamente e provocou risos até mesmo no técnico Vadão.

Se o Guarani estava com dificuldade de furar a defesa adversária, a situação piorou aos 33 minutos, quando Ricardo Xavier deu um carrinho por trás em Éverton Ribeiro e foi expulso. Com um jogador a mais, o São Caetano ainda tentou esboçar uma pressão nos minutos finais, mas esbarrou no excesso de passes errados. Na melhor oportunidade, aos 45 minutos, Gérson cabeceou no canto esquerdo, mas Douglas fez grande defesa e garantiu a vitória.

GUARANI 1 x 0 SÃO CAETANO

Guarani
Douglas; Maranhão, Bruno Aguiar, Márcio Alemão e Andrezinho; Glauber (Nunes), Cléber Goiano, Rodriguinho e Walter Minhoca (Nei Paraíba); Caíque e Ricardo Xavier
Técnico: Vadão

São Caetano
Luiz; Marcelo Batatais, Anderson Marques (Matheus) e Douglas; Roger, Ademir Sopa, Adriano, Marcinho (Gérson) e Éverton Ribeiro; Vandinho (Marinho) e Washington
Técnico: Antônio Carlos

Data: 26/06/2009 (sexta-feira)
Local: estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Dante Mesquita Júnior (SP)
Cartões Amarelos: Rodriguinho, Walter Minhoca e Márcio Alemão (Guarani); Washington, Ademir Sopa e Adriano (São Caetano)
Cartão Vermelho: Ricardo Xavier (Guarani)
Gols: Ricardo Xavier, aos 41 minutos do primeiro tempo

Nenhum comentário: