domingo, 21 de junho de 2009

Mano explica confusão com Milton Cruz

Após a falta de Júnior César em Douglas, ainda no primeiro tempo da vitória do Corinthians contra o São Paulo, por 3 a 1, no Pacaembu, os jogadores de ambos os times se desentenderam. Mano Menezes e Milton Cruz discutiram à distância e, após a partida, o corintiano explicou a confusão.

- Todo mundo sabe o jeito que o Hugo apartou a discussão. Foi isso que eu fui ponderar. E quando eu estava fazendo isso, o Milton Cruz chegou falando que eu estava reclamando demais. Para afastá-lo, tentei dar um “carteirasso”, mas tomei uma resposta que tive que ficar quieto – disse. Na discussão, Mano chamou Cruz ironicamente de interino, que rebateu questionando-o sobre os títulos conquistados pelo gaúcho.

Informado de que Marco Aurélio Cunha, dirigente são-paulino, teria manifestado estar chateado com Mano e que não iria ao vestiário cumprimentá-lo, o treinador ironizou.

- Que me desculpe o senhor Marco Aurélio, que sei que é muito sensível. Mas eu nem teria o direito de falar o termo (interino) se ele não tivesse anunciado o Ricardo Gomes no sábado - afirmou, explicando que sensível é a pessoa que “tem um pouco mais ou um pouco menos de sentimentos”.

Nenhum comentário: