Edu insiste: 'Quero voltar ao Timão'

Saudade da Fiel torcida e projeto para o centenário encantam volante, que está decidido a defender novamente o clube que o revelou.

O volante Edu,do Valencia-ESP, está ansioso para voltar a jogar pelo Corinthians. Após participar do Arena (assista ao vídeo ao lado), no Sportv, em São Paulo, o jogador concedeu entrevista ao GLOBOESPORTE.COM. Durante o bate-papo que durou cerca de 30 minutos, em vários momentos já falava como se estivesse fechado com o clube do Parque São Jorge, no qual jogou dos cinco aos 20 anos e conquistou a Taça São Paulo de Futebol Júnior e o Paulista de 1999, o bicampeonato brasileiro em 1998 e 1999 e ainda o Mundial Interclubes da Fifa, em 2000. Mas o volante ainda precisa se desvencilhar do clube espanhol, com o qual tem contrato por mais um ano.

- Eu quero muito voltar e todo mundo já sabe. Aqui no Brasil e na Espanha eu deixei claro que pretendo voltar ao Corinthians agora. Mas por outro lado eu tenho que respeitar o contrato que tenho com o Valencia, que pretende me negociar - disse Edu, que já apalavrou com o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, as condições para voltar ao clube paulista.


O volante Edu participou do Arena, do SporTV, nesta quinta-feira, em São Paulo.

Irmão e empresário de Edu, Jean Gaspar esteve na Espanha tentando finalizar a negociação com os dirigentes do Valencia. Mas o clube espanhol não aceita liberar o jogador sem receber nada em troca e tenta uma negociação com outros clubes europeus pois precisa lucrar com o volante, a quem considera de grande valia. O Valencia precisa fazer caixa e vê potencial em Edu para a missão. Mas o jogador não está muito animado a topar um negócio que não seja voltar ao Timão.

- Surgiram propostas de outros clubes da Espanha e também da Inglaterra. Eu e minha família estamos totalmente adaptados a Valencia e nem seria problema continuar por lá. Mas sair para um clube de menor porte da Espanha ou até mesmo na Inglaterra não me interessa - explica Edu.

Ele quer convencer o clube espanhol a aceitar a liberação apresentando como vantagem o fato de o Valencia economizar ao não precisar pagar seu salário por mais um ano.

O Corinthians não irá desembolsar nenhum valor para contar com o jogador, que na verdade estará livre para assinar um pré-contrato com o clube que quiser daqui a seis meses. Edu precisa se reapresentar ao Valencia dia 13 de julho. Mas daqui a 10 dias ele voltará à Espanha com seu irmão para tentar definir a saída do clube. E até se empolga ao se imaginar de volta ao Corinthians.

- Tudo faz eu querer voltar, né? O carinho que eu sinto pelo Corinthians, o momento bonito que o time vem vivendo, o projeto importante que está sendo feito, o ano do centenário. E a torcida. Nossa, isso sim arrepia. Quando vejo um jogo, seja pela televisão ou pelo estádio, nossa... É muito lindo, não tem igual...- disse Edu, com um sorriso enorme no rosto e cheio de esperança para jogar novamente pelo Corinthians, após nove anos na Europa, onde defendeu o Arsenal, da Inglaterra, por cinco anos, antes de se transferir para o Valencia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas