domingo, 10 de maio de 2009

Brasil tem 30 casos suspeitos gripe suína; quatro casos foram confirmados

O Ministério da Saúde informou na tarde desta sexta-feira que acompanha 30 casos suspeitos de gripe suína --a gripe A (H1N1)-- em dez Estados brasileiros. Nesta quinta-feira (7), o governo confirmou os quatro primeiros casos da doença no país: dois de São Paulo, um de Minas e outro do Rio.

Segundo o balanço divulgado hoje, outras 18 pessoas estão sendo monitoradas e 113 casos foram descartados, informou o Ministério da Saúde.

Até ontem, eram 15 casos suspeitos em monitoramento.

A expectativa do governo é que parte dos resultados dos exames laboratoriais que confirmam ou descartam a contaminação pelo vírus saiam ainda hoje.


Ministro da Saúde fala no Rio sobre a gripe suína; Brasil tem quatro casos da doença

Os casos suspeitos estão nos Estados de São Paulo (10), Rio de Janeiro (5), Minas Gerais (3), Paraná (3), Distrito Federal (2), Goiás (2), Santa Catarina (2), Mato Grosso do Sul (1), Pernambuco (1) e Rondônia (1).

Casos confirmados

Três dos quatro pacientes já receberam alta médica. Temporão afirma que nenhum deles oferece risco de contaminar outras pessoas.

Em São Paulo, um dos casos confirmados é de um rapaz de 24 anos que esteve no México entre os dias 17 e 22 de abril. Ele apresentou os sintomas no dia 24 e ficou internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas por dez dias, informou a Secretaria Estadual da Saúde.

O outro paciente de São Paulo, um homem de 48 anos, esteve nos Estados Unidos entre os dias 19 e 28 de abril. Ele apresentou os sintomas no dia 29 e também foi atendido no Emílio Ribas, onde foi medicado e mantido sob monitoramento. De acordo com o ministério, ele não ficou internado, e nenhum dos familiares manifestou sintomas da doença.

Em Minas, o paciente --que esteve no México entre os dias 22 e 27 de abril-- também já teve alta. Ele começou a manifestar os sintomas dia 26 e foi internado quando chegou ao Brasil. Ele recebeu alta no dia 29 e permaneceu em isolamento domiciliar até quarta-feira (6).

Apenas o paciente cujo caso foi confirmado no Rio continua internado. De acordo com o ministro José Gomes Temporão (Saúde), ele retornou do México no último dia 3, está internado desde terça-feira (5) e passa bem.

Um outro paciente que também está internado no isolamento do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, ligado à UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), teve contato com o jovem de 21 anos que teve diagnóstico confirmado para a gripe suína.

Os kits para realização de exames laboratoriais que diagnosticam a gripe suína chegaram na noite de quarta-feira ao Brasil. Eles permitem o diagnóstico em 72 horas.

Nenhum comentário: