Após ser campeã, Ponte avança às quartas da Copa do Brasil

Após ser campeã do interior no último sábado e conquistar seu primeiro título na primeira divisão em 108 anos de vida, a Ponte Preta avançou para as quartas-de-final da Copa do Brasil ao vencer o Americano-RJ por 2 a 1, nesta terça-feira de noite, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Savóia e Danilo Neco marcaram para os anfitriões e Flávio Medina anotou o dos visitantes. O duelo de ida havia sido 0 a 0.

O próximo adversário da Macaca deverá ser o Coritiba, que já goleou o CSA-AL por 4 a 0 fora de casa, no primeiro jogo, e deve confirmar a vaga nesta quarta-feira, no Couto Pereira.

O time do técnico Marco Aurélio havia passado por Vilhena-RO e Figueirense. Já os fluminenses eram uma das principais zebras da competição, por terem eliminado o Santa Cruz e o atual vice-campeão do Rio de Janeiro, o Botafogo.

A Ponte jogou sem o lateral Edilson, o meia André e o atacante Leandrinho, afastados pela diretoria após se envolverem em um acidente de carro. Já o meio-campista William cumpriu suspensão automática e foi substituído por Bilu.

Do outro lado, o Americano não tinha problemas de suspensão e, com isso, o técnico Toninho Andrade manteve a base do jogo de ida, apostando mais uma vez no camisa 10 Ederson e no atacante Kieza, um dos artilheiros da Copa do Brasil, com cinco gols.

O jogo
Aos dez minutos, o argentino Savóia teve uma chance de finalizar, mas chutou torto, fácil para o goleiro Jefferson defender. Nove minutos depois, no entanto, a jovem revelação da Ponte, Tinga, arrematou, a bola desviou no zagueiro e bateu no travessão. Livre, Savóia pegou o rebote abriu o placar.

Aos 34, Eberson bateu perto do gol de Aranha. Na resposta anfitriã, Savóia escorou cobrança de falta, e Gum chutou de primeira por cima do gol.

"Estamos com algumas falhas, mas o mais importante é que estamos ganhando. Temos que jogar com inteligência no segundo tempo, porque o resultado nos favorece", disse Bilu, da Ponte Preta, em entrevista à Rádio Brasil, no intervalo.

Porém, no segundo tempo os visitantes empataram logo aos dois minutos, com Medina, que recebeu de Paulo Henrique, passou pelos marcadores e bateu no ângulo marcando um belo gol. A Ponte então passou a ter de marcar outro gol.

O Americano teve duas chances para virar e não fez o gol. Então quem não perdoou foi a Macaca. Danilo Neco recebeu na entrada da área, fez jogada individual e bateu para fazer o segundo, aos 18. O time da casa quase fez o terceiro em chute de Jean que bateu na trave.

Ponte Preta 2 x 1 Americano-RJ

Ponte Preta
Aranha; Guilherme, Gum, Jean e Marrom (Gercimar); Deda, Bilu, Tinga (Kim) e Juan (Romeu); Danilo Neco e Savóia
Técnico: Marco Aurélio

Americano
Jefferson; Elson, Carlão e Anderson; Flávio Medina, Paulo Henrique, Pirão, Eberson e Ernani; Diego Sales e Kieza
Técnico: Toninho Andrade

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP
Data: 05/05/2009
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha-GO
Cartões amarelos: Juan, Bilu, Deda e Jean (P); Eberson, Paulo Henrique, Pirão (Americano)
Cartão vermelho: Ernani (A)
Gols: Savóia, aos 19 minutos do primeiro tempo; Flávio Medina, aos 2, e Danilo Neco, aos 18 minutos do segundo tempo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas