sexta-feira, 1 de maio de 2009

Dirigente o Inter diz que não é hora de tratar de negociações

As especulações surgidas nesta semana, sobre o interesse do Palermo, da Itália, no atacante Nilmar, deixaram o assessor de futebol do Internacional, Giovanni Luigi, descontente. Ele lembra que as transferências só serão tratadas a partir de julho, e antes disso os jogadores não podem pensar em outra coisa além da Copa do Brasil.

Depois das sondagens extra-oficiais, que afirmavam que o clube italiano estaria disposto a pagar US$ 20 milhões por Nilmar, tanto o atleta quanto seu procurador, Orlando da Hora, garantiram que não há interesse em uma negociação. Na manhã desta sexta-feira foi a vez do dirigente reforçar a posição. "Não pensamos nessas informações plantadas na Internet. O Inter nem esta tratando desse tipo de questão, estamos com o firme proposito de seguir na Copa do Brasil", frisou.

Preocupado com o foco na competição, o dirigente recorda a queda no rendimento da equipe em agosto de 2008. "A gente sabe como isso prejudica. No meio do ano passado teve proposta pelo Guiñazu, pelo Nilmar. Não tivemos absolutamente nenhuma proposta, e não é o momento de tratar disso".

O clube gaúcho admite que precisa vender pelo menos um jogador por ano, para manter as contas em dia, mas esse assunto ainda não entrou na pauta da presidência. "A janela de transferências é mais adiante. Todos têm que ficar compromissados com a Copa do Brasil. Quem tem interesse e quer isso tem que vir no clube conversar conosco num primeiro momento", concluiu.

Fonte: UOL

Nenhum comentário: