segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Zagueiro Manoel é o novo reforço do Timão, diz site

O Corinthians já tem definida a contratação do substituto do capitão William, aposentado no fim da temporada passada. Informações obtidas com exclusividade pelo Terra deram conta de que uma reunião entre o presidente Andrés Sanchez e os grupos BMG e Sonda, no início da noite desta segunda-feira, selaram a transferência do jovem zagueiro Manoel, do Atlético-PR.

O acerto é raro, pois envolve o dinheiro de dois investidores concorrentes no mercado de atletas, e deve demorar alguns dias para se concretizar. Manoel, 20 anos, recebe R$ 20 mil mensais no Atlético-PR e teve uma oferta cinco vezes maior para jogar no Corinthians. Segundo o Terra apurou, ele fará força para deixar o clube paranaense, que não pretende liberá-lo, e pode até ir à Justiça por atraso de FGTS.

Em contato por telefone, o diretor de futebol Ocimar Bolicenho negou o interesse de negociar o atleta, o que não deve impedir a transferência. "Não queremos vendê-lo. Já estamos negociando o Rhodolfo (com o futebol italiano), que é titular há cinco temporadas. O Manoel tem 20 anos de idade e um como titular", comparou. - Não tem valor, a gente nem fala em multa e o Atlético-PR não recebeu nenhum contato do Corinthians.

Manoel, por sua vez, já iniciou movimento para deixar o Atlético-PR na marra. Nesta segunda, ele afirmou à imprensa que não vai se reapresentar com o restante do elenco atleticano na quinta-feira. Um dia antes, Neco Cirne, seu empresário, tem reunião com a presidência para viabilizar a liberação. O zagueiro, que passa férias em Bacabal, no Maranhão, já teria levado objetos pessoais de Curitiba.

Sonda e BMG devem pagar algo próximo de 4 milhões de euros por cerca de 50% dos direitos econômicos do jovem zagueiro, um dos destaques da última edição da Série A. Palmeiras e principalmente o Internacional também pretendiam contratá-lo. Manoel despontou após a Copa São Paulo de 2009, quando foi vice-campeão com o Atlético-PR diante do próprio Corinthians.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: