domingo, 19 de julho de 2009

Quebra-cabeça de desfalques vira rotina no Corinthians

Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, depois do título da Copa do Brasil, o técnico Mano Menezes tem tido dificuldade para escalar o time titular do Corinthians. Para o jogo deste domingo, contra o Cruzeiro, o treinador terá novamente que "quebrar a cabeça" devido a uma série de desfalques em Belo Horizonte, onde o time tentará sua primeira vitória fora de casa na competição.

O meio-campista Douglas e o atacante Dentinho estão fora por terem recebido o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Sport, na última quinta-feira. Na meia, Morais deve ficar com a vaga, ao passo que o ataque ainda é a principal dúvida na escalação corintiana. Se optar por uma formação mais defensiva, Jucilei pode novamente ganhar uma chance. Em caso contrário, o atacante Marcelinho é um dos cotados.

Outro setor que tem dado dor de cabeça ao treinador é a lateral direita. Alessandro, que desfalcou o time na última rodada por cumprir suspensão automática, poderá ser poupado neste domingo para evitar complicações com o desconforto na coxa que sentiu nas últimas rodadas. Na defesa, o zagueiro William é ausência por ainda se recuperar de problemas crônicos no pé direito e será substituído por Diego.

"São desfalques importantes", concordou o volante Cristian, que no entanto não demonstrou preocupação com o fato. "Todos estão jogando bem, e os que entrarem vão dar conta do recado. Eles (reservas) estão esperando uma oportunidade e têm total confiança do Mano e de todos nós. Vamos para Belo Horizonte buscar os três pontos", setenciou.

Mais quebra-cabeça - Garantido para o jogo contra o Cruzeiro, Cristian poderá ser desfalque na próxima rodada, porém. O jogador será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SJTD) na segunda-feira ainda pela final da Copa do Brasil, contra o Internacional, no Beira-Rio.

O volante foi denunciado por supostamente ter simulado contusão e ainda ter retornado ao campo de jogo depois de substituído. Desse modo, ele responderá pelos artigos 258 (praticar atitude anti-desportiva) e 274 (invadir local destinado à partida sem autorização), podendo ser suspenso de 120 a 720 dias. O meio-campista Douglas também foi denunciado por mandar Cristian se atirar no gramado.

Mesmo assim, Cristian segue tranquilo. "A gente tem advogado para isso. Não invadi campo nenhum, só entrei mesmo para separar, porque o jogador do Inter estava causando confusão, nada mais que isso. Estou tranquilo, não entrei para brigar e também não simulei nada, estava realmente com cãibra".

Nenhum comentário: