sábado, 11 de julho de 2009

Celular W705, da Sony, reproduz sons graves com qualidade

Na semana passada, foi comemorado o 30º aniversário do Walkman, lançado pela Sony em 1979. De lá para cá, os tocadores portáteis mudaram o visual e o modo de armazenagem das músicas, mas o nome Walkman sobreviveu e ainda hoje aparece na linha de celulares Sony Ericsson que traz o W na nomenclatura dos modelos. Assim, o telefone W705, que chega neste mês às lojas, já diz na primeira letra do nome qual é a sua praia.

Não por acaso, portanto, sua melhor função é o tocador de música. Mas o celular com design slide ainda traz capacidade de conexão 2G/3G, Wi-Fi, acelerômetro, câmera de 3,2 Mpixels e uma boa tela de duas polegadas, que apresenta imagens nítidas na resolução de 320x240 pixels.


Novo celular da linha Walkman, da Sony Ericsson, tem preço sugerido de R$ 1.099.

Seu visual lembra um pouco o N95, da Nokia, mas o W705 é mais fino e leve, cabendo no bolso da calça sem incomodar.

Tons graves no fone

O fone de ouvido é excelente --o único senão é o fato de funcionar com entradas proprietárias. Suas borrachinhas intra-auriculares isolam sons externos e criam um reforço fantástico nos graves. Dá para ouvir desde os baixos de uma orquestra até as batidas marcadas de um hit eletrônico.

Não espere, porém, a mesma fidelidade sonora no alto-falante do celular: o volume é bom, mas sem profundidade. A tela do programa de controle das música é simples e tem como recurso avançado um equalizador de cinco faixas.

O W705 tem uma função para troca de música e controle de volume por meio de movimentos.
Ao apertar um botão na parte superior do aparelho, você pode mover o celular na vertical para aumentar ou diminuir o volume. Se quiser, é só chacoalhar, mudando assim para a próxima música.

Sem autofoco

A câmera não tem autofoco, mas, mesmo assim, o W705 registra boas imagens à luz do dia. Em ambientes muito escuros, a qualidade da foto tende a perder bastante nitidez. De todos os recursos da câmera, o mais bacana é o GeoTagging, que possibilita identificar o local onde as fotos foram tiradas. Apesar de não ter GPS, o W705 utiliza o Google Maps, que faz triangulação pelas antenas GSM para cumprir esta tarefa.

Já para visitar páginas da internet que não foram construídas especialmente para visualização em celulares, o navegador dá um jeitinho com a função Smart Fit, que faz caber todo o conteúdo na tela.

O preço sugerido é de R$ 1.099.

Fonte: Bol

Nenhum comentário: