Polícia de PE investiga morte de boxeador canadense em Porto de Galinhas

A Polícia Civil de Pernambuco investiga a morte do boxeador canadense e ex-campeão mundial Arturo Gatti, 37, que morreu neste sábado em um flat na praia de Porto de Galinhas (PE).

O corpo do pugilista foi encontrado pela mulher, Amanda Rodrigues, por volta das 6h, na sala. O boxeador foi encontrado de cueca, ensanguentado e com ferimentos na cabeça e no pescoço.

Gatti e a mulher estavam no Brasil desde a sexta-feira (10), com o filho do casal, um bebê de nove meses. Segundo a corretora do flat, Cristina Esperidião, Gatti aparentava ter uma vida feliz ao lado da mulher e teria feito o pagamento antecipado do imóvel, por 30 dias.

Nascido na Itália, Arturo Gatti se naturalizou canadense e vivia nos Estados Unidos. Em 1995, ganhou o cinturão pela Federação Internacional na categoria super pena. Nove anos depois, Gatti voltou a ser campeão mundial de boxe, na categoria super leve. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Pernambuco.

Fonte: Bol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas