quarta-feira, 15 de julho de 2009

Familiares de jovens mortos em acidente protestam contra ex-deputado no PR

Os pais de um dos jovens mortos no acidente envolvendo o ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho realizaram nesta quarta-feira um protesto em Curitiba (PR) para que ele não volte a se filiar a um partido político. Carli Filho, 26, que renunciou ao mandato --o que permite que volte a se candidatar-, foi expulso do PSB na semana passada.

Segundo a família de Gilmar Rafael Yared, 26, uma das vítimas do acidente, o ex-deputado articula volta à cena política em sua cidade natal, Guarapuava (257 km de Curitiba), administrada pelo pai dele, o prefeito Luiz Fernando Carli (PP).

O casal de comerciantes Christiane e Gilmar Yared afirma que é "notória" a "campanha aberta" para sensibilizar a opinião pública da cidade com aparições do ex-deputado em igrejas e mensagens de agradecimento em outdoors.

A família Yared enviou hoje cartas aos 27 presidentes de diretórios regionais de partidos políticos registrados na Justiça Eleitoral do Paraná para que recusem eventual pedido de filiação de Carli Filho até o julgamento do caso.

"O partido que aceitar o ex-deputado será conhecido como a legenda política da família Carli", afirmou Christiane.

Carli Filho protagonizou o acidente de trânsito em maio deste ano. Na colisão, morreram Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo de Almeida, 20. Eles estavam em um carro atingido pelo automóvel do ex-deputado, que dirigia em alta velocidade. Exame de dosagem alcoólica apontou que Carli estava bêbado no momento do acidente. Ele também estava proibido de dirigir por ter acumulado na carteira de habilitação 130 pontos em infrações de trânsito.

A reportagem não conseguiu contato com o ex-deputado. O advogado dele, Roberto Brzezinski Neto, disse que não ia se manifestar por não ter informações sobre o protesto da família Yared.

Nenhum comentário: