segunda-feira, 27 de julho de 2009

Corinthians - O ataque dos 103 gols

O Corinthians sempre jogou para frente, em função do gol, amparado pela mística da sua camisa e contaminado pela paixão de sua torcida. Na conquista do Campeonato Paulista de 1951, o time levou essa máxima às últimas conseqüências e conseguiu um recorde histórico, ao fazer 103 gols. O centésimo gol foi marcado por Carbone, parceiro de Cláudio, Luizinho, Baltazar e Mário no mais infernal ataque da história corintiana.

A final do campeonato foi disputada em 27 de janeiro de 1952 e o timão
venceu o Palmeiras por 3 a 0. Ao todo, foram 28 jogos, 24 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, com 103 gols a favor e 37 contra (saldo de 66 gols). Marcaram naquele ano inesquecível: Carbone (30 gols), Baltazar(25), Cláudio (18), Luizinho (13), Jackson (9), Nelsinho (2), Colombo (2), Roberto (1), Sula (1), Mário (1) e Idário (1).

Nenhum comentário: