Pular para o conteúdo principal

Com um jogador a mais Santos empata na Vila com o Grêmio Barueri

A fase continua difícil para o Santos. Sem técnico desde segunda-feira, quando Vagner Mancini deixou o comando da equipe, devido a goleada sofrida para o Vitória, no último domingo, o Peixe não conseguiu a vitória que queria para dar fim à crise, mas conseguiu um empate com o Barueri, em 3 a 3, na Vila Belmiro. Depois de estar perdendo por duas vezes, por dois gols de diferença, os santistas conseguiram um empate nos minutos finais.

Desta forma, o Alvinegro Praiano agora ocupa a 11º colocação, com apenas 14 pontos ganhos, esperando. Já o clube da Grande São Paulo segue surpreendendo em seu primeiro ano na Série A do Campeonato Brasileiro, na quinta posição, com 18 pontos.

Na próxima rodada, os santistas tem um teste complicado, contra o São Paulo, domingo, no Morumbi. Suspensos, Fabão e Rodrigo Souto não poderão atuar. No mesmo dia, o Barueri recebe o Naútico, na Arena Barueri.

O jogo - O confronto começou com o Santos assustado pela pressão da torcida e se expondo aos contra-ataques do seu oponente. Aos seis, Leandro Castán quase abriu o placar para os visitantes. Douglas se esticou todo para fazer a defesa, conseguindo evitar o primeiro gol do Barueri.

Se aos seis o Barueri assustou, aos 13, balançou as redes. Pimentel cruzou a bola para a entrada da área, Fabão dominou errado, na frente de Val Baiano. O atacante do time da Grande São Paulo aproveitou a falha, dominou a bola e finalizou no canto esquerdo de Douglas, que ainda desviou a bola, porém não conseguiu evitar que o Barueri abrisse o placar na Vila.

O Santos tentou não se abater e foi para cima do adversário. Com 16, quase o Peixe quase empatou. Após bate-rebate, a bola sobrou para Paulo Henrique Lima. O meia dominou, só que na hora de chutar, acabou mando a bola por cima do gol.

Se de um lado Ganso desperdiçou a oportunidade que teve, Fernandinho não falhou aos 17. O avante do Barueri gingou para cima de Wagner Diniz, passando com facilidade, antes de soltar uma bomba, sem chances para Douglas.

Aos 27, mesmo jogando mal, o Alvinegro Praiano conseguiu diminuir a desvantagem. Em cobrança de falta precisa, o meia Madson diminuiu o placar. No minuto seguinte, quase os santistas chegaram ao empate. Roni se antecipou ao zagueiro na dividida, antes de finalizar com força. Atento, Renê fez uma grande defesa e, posteriormente, a zaga afastou o perigo.

A empolgação do Santos sofreu um duro golpe aos 29 minutos, com o terceiro gol do Barueri. Novamente Fernandinho, para cima de Wagner Diniz, levou a bola para a linha de fundo e bateu para trás. Na velocidade, Val Baiano se antecipou à defesa do Peixe, escorando a bola para o fundo do gol.

Irritado com a atuação de Diniz, Chulapa não teve dúvidas em sacar o lateral, bastante vaiado pela torcida. Luizinho entrou em seu lugar.

Depois dessa substituição, o que se viu foi um Alvinegro Praiano desorganizado, perdido em meio a erros de posicionamento e jogadas confusas no campo de ataque, que eram facilmente interceptadas pelo bem postado sistema defensivo do Barueri.

Na volta do intervalo, com Éder no lugar de Pimentel, a equipe da Grande São Paulo viu a sua situação ficar menos confortável. 'Pendurado' com um cartão amarelo, o meio-campista Ralf tocou com a mão na bola. Sem outra opção, o árbitro Guilherme Cereta de Lima mostrou o segundo amarelo para Ralf, antes de expulsá-lo da partida, com um minuto da etapa complementar.

Tentando buscar ânimo para reagir no duelo, os santistas quase diminuíram a contagem, com o volante Rodrigo Souto. Aproveitando-se de uma confusão na área, Souto mandou a bola no travessão, assustando o goleiro Renê.

Aos seis, Rodrigo Souto outra vez levou perigo. O meio-campista pegou bem na bola de fora da área, exigindo uma grande defesa de Renê.

Sem inspiração, mas com bastante garra, o Santos chegou ao seu segundo gol. Aos 35, Paulo Henrique Lima bateu a falta em dois lances, Renê não segurou e o meia Róbson, que havia entrado no lugar do atacante Roni, completou para as redes, 'incendiando' o jogo.

Na pressão, o Peixe quase chegou ao empate. Com 38, Madson cobrou escanteio na cabeça de Kléber Pereira, que subiu mais alto que toda a zaga do Barueri, mas a bola saiu ao lado da trave esquerda de Renê.

E a insistência alvinegra acabou sendo premiada. Aos 43, boa jogada de Luizinho, que cruzou na cabeça de Neymar. O jovem atacante, que entrou no decorrer do segundo tempo, em substituição à Fabão, deixou tudo igual na Vila Belmiro, para alívio do torcedor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

O que são adivinhas, advinhações, o que é o que é, folclore, humor, cultura popular
Adivinhas: humor e desafioO que sãoAs adivinhas, também conhecidadas como advinhações ou "o que é, o que é" são perguntas em formato de charadas desafiadoras que fazem as pessoas pensar e se divertir. São criadas pelas pessoas e fazem parte da cultura popular e do folclore brasileiro. São muito comuns entre as crianças, mas também fazem sucesso entre os adultos.Alguns exemplos de adivinhas:- O que é que é surdo e mudo, mas conta tudo?
Resposta: o livro- O que é o que é que sempre se quebra quando se fala?
Resposta: o segredo- Ele é magro pra chuchu, tem entes mas nunca come e mesmo sem ter dinheiro, dá comida a quem tem fome?
Resposta: o garfo

- O que é que passa a vida na janela e mesmo dentro de casa, está fora dela?
Resposta: o botão- O que é o que é feito para andar e não anda?
Resposta: a rua- O que é o que é que dá muitas voltas e não sai do lugar?
Resposta: o relógio- Qual é a piada do fotógr…

Frases de Amor e Frases Românticas

Frases de Amor e Frases Românticas, belas palavras de carinho, frases perfeitas para você se declarar ao seu amor. Agrade quem você ama com essas belas frases de amor, de amizade, de carinho…



“Ainda que nas noites frias e solitárias, sinto o vento me acariciar, mas ao mesmo tempo me lembro de você ao meu lado a me amar…”
Roberto Klaro



“Um dia ousei sonhar um amor, e nos seus braços senti paz, na imensidão do seu prazer me realizei, e então acordei desse sonho fora da lei!”
Adriana Mallet



“A velocidade do amor é proporcional às concentrações de respeito, humildade, alegria, amizade, sinceridade e compromisso presente na vida de cada um de nós, multiplicada por uma constante essencial em nossos corações: a capacidade de amar.”
Edilene Gadelha



“Ao tocar seu coração pude sentir algo diferente acontecer,forte como um vendaval e lindo como um amanhecer.”
Alan Capato



“Se tudo o que existe no mundo possuísse uma fonte de energia, com certeza a minha seria você.”
Willians Levi

“O verdadeiro amor não traz…

Cronologia (1960 – 2008)

---------------------------------------------------------------------

1960

---------------------------------------------------------------------







13.fev.1960 - A França explode sua primeira bomba atômica.

14.fev.1960 – Um grupo de sobralenses funda o Rotary Clube de Sobral. Sua primeira diretoria estava assim constituída – Presidente: José Silvestre Saboia de Albuquerque (Zeca); Vice-presidente: José Mendes Mont’Alverne (Dr. Zé Alverne); Secretário: Armando Homem de Siqueira; Tesoureiro: Raul Vieira Lima; Diretor de Protocolo: Antonio Albuquerque Lopes; Diretores sem pasta: Edmundo Monte Coelho e José Walmir Frota.

05.mar.1960 - Após dois anos servindo o Exército, Elvis Presley retorna à vida civil.

02.abr.1960 - Em acordo assinado com a França, a ilha de Madagascar torna-se um Estado independente dentro da comunidade francesa.

03.abr.1960 - Uma coligação entre radicais e conservadores ganha as eleições gerais no Chile.

04.abr.1960 - É realizada a entrega do Oscar nos EUA. Foram agraciados …