'Michael foi assassinado por uma conspiração', diz La Toya Jackson


La Toya Jackson diz que irmão foi vítima de uma conspiração.

A irmã de Michael Jackson, La Toya Jackson, concedeu uma entrevista reveladora na sexta-feira, 10. Ela culpou uma conspiração pela morte de Jackson.

“Eu acredito que Michael foi assassinado. Eu senti isso desde o início. Não teve só uma pessoa envolvida, mas um grupo. Uma conspiração”, disse La Toya, segundo o site do jornal britânico "Daily Mail".

Ela acusou um grupo, mas não identificou as pessoas que, entre outras coisas, teriam tirado o astro pop do convívio com a família e amigos, e forçado Michael a assinar o contrato dos 50 shows que o cantor iria fazer na Arena O2 em Londres. Ela acha que Jackson estava viciado em drogas dadas a ele por pessoas que queriam controlar o seu humor.

"Há menos de um mês, eu falei que achava que ele iria morrer antes dos concertos em Londres. Ele valia mais de US$1 bilhão. Ele morto valeria mais do que vivo", afirmou La Toya num dos trechos da entrevista.

Apesar do resultado da autópsia no corpo de Jackson só sair nas próximas semanas, na sexta-feira, 10, La Toya recebeu informações sobre o exame e revelou que foram encontradas quatro marcas de seringa no pescoço do cantor.

Comentários

marili2008 disse…
eu ja desconfiava disso, mas sera a pior coisa do mundo se for comprovado, o que eu acho improvavel, como ficarao seus filhos depois de saber disso?
Num mundo onde ele estava cercado de interesseiros,muitos racistas e pessoas do alto escalao do governo estavam com receio dele voltar e continuar sua cariade pelo mundo, estava perdido em dívidas, por culpa das difamaçoes falsas que sofreu, era facil de manipula-lo.....rzo a Deus para que isso nao seja verdade

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas