domingo, 13 de junho de 2010

Riquelme analisa propostas de clubes brasileiros, dizem jornais argentinos

Diante das dificuldades em acertar a renovação com o Boca Juniors, o meia Juan Roman Riquelme analisa propostas de clubes brasileiros. Segundo os jornais argentinos La Nación e Clarín noticiaram neste sábado, o meia avalia ofertas de Corinthians, Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG. Já o diário Olé, em sua versão digital, cita o Palmeiras como um dos interessados.

O Clarín destaca que a intenção de Riquelme é permanecer na Argentina. O meia gostaria de ficar no país para se recuperar de uma lesão no joelho, contando com o apoio do técnico do Boca Juniors, Claudio Borghi. A prioridade do presidente do clube, Jorge Ameal, seria a renovação de contrato do camisa 10.

Porém, o período de contrato seria o entrave para que Riquelme acerte a renovação. Enquanto o meia, que completará 33 anos no próximo dia 24, pede vínculo por três anos, os dirigentes aceitam apenas um ano e meio de contrato. Assim, o jogador começaria a analisar propostas de outros clubes a partir de segunda-feira.

Tanto o Clarín quanto o La Nación, apontam Corinthians, Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG como candidatos à contratação e Riquelme. Os brasileiros teriam a concorrência do argentino Racing. Já o Olé acrescenta na disputa o Palmeiras, o Atlas, do México, e o inglês West Ham.

O diário esportivo afirma que uma reunião entre um representante do jogador, Daniel Bolotnicoff, e o presidente do Boca Juniors nesta sexta-feira não foi bem sucedida. Além do período de contrato, haveria divergência quanto a uma premiação. “Quero saber onde vou jogar quando encerrar minha recuperação”, disse Riquelme.

Entre os brasileiros apontados como interessados em Riquelme, apenas Flamengo e Cruzeiro admitiram ter procurado o jogador. No rubro-negro, o diretor de futebol, Carlos Peixoto, disse que tem conversado com o empresário do camisa 10 do Boca Juniors.

Já o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, admitiu que o clube mineiro apresentou uma proposta ao meia argentino por intermédio do ex-lateral esquerdo cruzeirense Juan Pablo Sorín. Segundo o dirigente, a oferta levada a Riquelme é superior ao que o jogador recebe no Boca Juniors.

Fonte: Uol

Nenhum comentário: