Peñarol alertou Fifa sobre erros de árbitro uruguaio

Jorge Larrionda deixou de dar gol para a Inglaterra. Federação rebate clube.

A Fifa já estava alertada para possíveis erros do árbitro uruguaio Jorge Larrionda, que, neste domingo, deixou de dar um gol para a Inglaterra na derrrota por 4 a 1 para a Alemanha, pelas oitavas de final do Mundial. Antes do início da Copa, o Peñarol (URU) enviou à entidade um DVD com uma série de erros do juiz.

O tradicional clube uruguaio reclama ter sido prejudicado por Larrionda em vários clássicos nos últimos sete anos, principalmente aqueles contra o Nacional (URU). No caso mais recente, em maio deste ano, o árbitro teria deixado de dar pênalti claro a favor do Peñarol, que acabou derrotado por 2 a 0 pelo rival.


Jorge Larrionda pisou na bola (Crédito: EFE)

No entanto, a Fifa não levou em consideração o alerta. Ignorado, o Peñarol se revoltou com a postura da entidade.

– O erro de hoje não me surpreendeu. Nos últimos sete anos, Larrionda sempre nos prejudicou. No DVD que montamos, colocamos vários clássicos, quase todos contra o Nacional. Também algum contra o Defensor e outras equipes. Mas até agora não fomos procurados pela Fifa. É uma vergonha isso – afirmou ao LANCENET! o gerente esportivo do clube, Oswaldo Giménez.

Para a Associação Uruguaia de Futebol (AUF), a reclamação do Peñarol é infundada. A entidade alega que a Fifa exige a participação das federações nacionais como intermediadora na relação com os clubes.

– Para começar, essa história de DVD é falsa. Nada chegou à Fifa ou à AUF. A Fifa não dá importância ao que chega diretamente dos clubes, sem passar pelas federações. O Peñarol teria de apresentar isso via AUF, o que não fez até agora – explicou Carlos Mena, presidente da comissão de arbitragem da AUF.

Segundo o dirigente, o objetivo do Peñarol "é ficar bem com a torcida julgando as atitudes de um árbitro."

– Isso é muito normal no Uruguai. Aqui, todo o futebol acontece em Montevidéu, que é muito pequena. Todos nos conhecemos e sabemos como atuamos. Diferentemente do Brasil, que é um país gigantesco – completou Mena.

Auxiliar a salvo
Após as duras críticas a Larrionda, Oswaldo Giménez isentou o bandeirinha Mauricio Espinosa, que deveria ter confirmado o gol de Lampard. Após chute do volante inglês, a bola tocou o travessão e entrou. Mal posicionado, o auxiliar confirmou a decisão de Larrionda, que deixou o jogo seguir.

– Espinosa é um bom auxiliar, está indo bem aqui. Não temos nada contra ele – disse Giménez.

Fonte: LanceNet!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas