Frutas que aliviam desconfortos na gravidez

Por trás do sabor e do frescor delas, há um arsenal de vitaminas e minerais que além de amenizar os sintomas da gestação também contribuem para o bom desenvolvimento do bebê.

A gravidez é um bom momento para adquirir o hábito de consumir de três a quatro frutas por dia. Além de prevenir doenças, elas reduzem os enjôos, a azia, a prisão de ventre, o inchaço, as cãibras, mantêm sob controle a pressão arterial e a balança.

Também contribuem para que a recuperação do parto seja rápida e tranqüila e colaboram para que o nenê nasça no tempo certo, com o peso adequado, com boa formação dos ossos, dos dentes e do sistema nervoso central.

A regra é simples: quanto maior a oferta de nutrientes, melhor o estado geral da mãe e do feto. "Por isso, para aquelas que não gostam da versão in natura, a alternativa é incluir no café da manhã e nos lanches um copo de suco de frutas feito na hora e sem coar", sugere Susy Graff, consultora do site Nutrikids.

A nutricionista Cynthia Antonaccio, da Equilibrium Health Food, em São Paulo, vai mais longe: "O ideal é que a gestante as consuma com a casca, para aproveitar bem as fibras.

Mas, se não for possível, pode apelar, com moderação, para geléias, compotas, purês, tortas recheadas e compensar comendo mais verduras cruas e legumes."A especialista alerta para a importância de lavar as frutas antes de consumi-las.

Isso porque a presença de bactérias pode desencadear diarréia e vômito, fazendo com que a gestante perca líquido e enfraqueça. Cheque em nosso pomar os benefícios e as calorias das frutas mais indicadas para os nove meses.









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas