sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Com volta mágica, Joaninha leva o tri da Copa Brasil de Motocross estilo livre

Piloto acerta quatro 'backflips' na primeira volta e leva público à loucura.

O brasileiro Gilmar Flores, o Joaninha, brilhou na passarela da terceira edição da Copa Brasil de Motocross estilo livre. Em pleno domingo de carnaval, o mato-grossense não deixou o samba atravessar e conseguiu uma volta mágica, na qual somou 260 dos 360 pontos possíveis. Nem uma queda na segunda rodada atrapalhou o enredo do piloto, que terminou em tricampeonato e muita festa na arena lotada na praia da Barra da Tijuca.


Joaninha encanta torcida com manobras ousadas e garante o tricampeonato da Copa Brasil

O paulista Marcelo Simões, que havia se classificado em primeiro lugar para a decisão, também não desafinou: com 228 pontos, garantiu a medalha de prata. O pódio ficou completo com o americano Derek Burlew, que somou 219 e levou o bronze para casa.

Os cariocas que trocaram a folia pelo calor da Copa Brasil não se arrependeram. Se o vento atrapalhou os pilotos na véspera, o sol apareceu forte neste domingo. Melhor para os pilotos, que fizeram um carnaval para ninguém botar defeito na areia. A pedido dos competidores, a organização aumentou o tempo de prova para dois minutos (era de 1m20s). Tudo para fazer uma festa ainda maior com a torcida.

Após se classificar em quarto lugar, Joaninha não deu chances aos rivais na decisão. Logo em sua primeira volta, acertou uma série de "backflips" (cambalhota para trás, manobra que só ele domina no Brasil) com quatro tipos de manobras diferentes, assumindo a liderança destacada da competição com 260 pontos.

A partir daí, não houve brilho que ofuscasse o brasileiro. Na segunda volta, Joaninha abriu com dois "backflips", arrancando aplausos do público. No terceiro, errou na aterrissagem, perdeu o equilíbrio e caiu (assista no vídeo ao lado). O suspense, porém, durou pouco. O astro machucou a mão e o cotovelo esquerdos, mas manteve a postura de campeão.

- Perdi o controle da moto na descida, e acabei não conseguindo evitar a queda, mas está tudo bem.

O tombo prejudicou a nota de Joaninha, que somou 136 pontos. No entanto, como o que vale é a maior nota, o público já comemorava antes mesmo das apresentações de Burlew e Simões, que não conseguiram superar o mato-grossense.


Campeão comemora em ritmo de samba

- Foi uma emoção única. Consegui fazer o que eu queria, com muitas variações nos "backflips". Ontem (sábado), fui mal, o vento atrapalhou. Hoje, vou dormir bem mais feliz - festejou Joaninha.

O sono, contudo, deve esperar. Com as bençãos de Momo, ele pretende cair na folia para comemorar a conquista. A festa começou ainda no pódio, com direito a um conjunto de ritmistas. Meio desajeitado, o tricampeão sambou como pôde com suas botas pesadas. Mas para os fãs do motocross que assistiram ao show do mato-grossense, o carnaval 2009 já está completo. O reinado de Joaninha continua.

Classificação final da Copa Brasil:


Pódio da Copa Brasil de Motocross 2009

1 – Joaninha – 260 pontos
2 – Marcelo Simões – 228
3 – Derek Burlew (EUA) – 219
4 – Fred Kyrillos – 188
5 – Sebastian Mejia (COL) – 170
6 – Gian Bergamini – 165
7 – Tatá Mello – 149
8 – Natan Azevedo – 130

Nenhum comentário: