Após dilúvio, Corinthians retorna ao Pacaembu para enfrentar Mogi

Depois do discutido empate com a Portuguesa no último sábado, o Corinthians volta a campo nesta quarta-feira pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Confiando em um gramado bem mais seco no Pacaembu, o Alvinegro do Parque São Jorge encara o Mogi Mirim às 22 horas (de Brasília) com a estreia do argentino Sergio Escudero e, também, de olho no clássico de domingo com o São Paulo.

Vice-líder do Paulistão, o Corinthians aparece com 14 pontos ganhos na tabela - um a menos do que o arquirrival Palmeiras, que no mesmo horário testa o aproveitamento de 100% na temporada com o Mirassol, fora de casa. Também invicto, o Timão terá pela frente o modesto Sapão, 18º com modestos quatro pontos.

Para o duelo desta quarta, a expectativa corintiana é de uma noite sem chuva, para não correr o risco de ver a situação de sábado se repetir. Após uma chuva torrencial em São Paulo, o gramado do Pacaembu ficou completamente empoçado e o árbitro Flávio Guerra suspendeu a partida nos minutos iniciais do segundo tempo. Depois de 1h30 de espera, os times voltaram ao campo sob protesto - alguns jogadores do elenco alvinegro já tinham tomado banho e inclusive lanchado.

Independentemente do estado do gramado, o Corinthians deve ir a campo com uma novidade: o argentino Sergio Escudero, que poderá estrear com a camisa corintiana na lateral esquerda na vaga do poupado André Santos, pendurado com dois cartões amarelos. Outra novidade será Diogo, pela direita, no lugar do contundido Alessandro, e Lulinha, no meio-de-campo para a vaga de Douglas - também poupado.

O técnico Mano Menezes poupará seus jogadores por uma razão especial: a oitava rodada do Paulistão, quando o Corinthians faz o clássico contra o São Paulo, no Morumbi. O comandante alvinegro, contudo, desconversa ao falar sobre o descanso aos atletas.

"Não gosto de pensar em poupar jogadores, nem por cartão. Se eu fizer a troca, vai ser pelo desgaste que o atleta estiver sentindo", comentou Mano. "Temos que pensar no nosso próximo jogo, pois caso contrário podemos deixar o resultado escapar agora e não temos certeza alguma quanto ao outro confronto", complementou.

Mano dará descanso também ao volante Túlio, pendurado. O miolo do meio-de-campo alvinegro terá, então, Fabinho e Elias - este, embora pendurado, irá para o jogo bem como Lulinha. O técnico corintiano admite inclusive surpreender: o goleiro Felipe, resfriado, pode dar lugar a Júlio César.

O Mogi, clube presidido pelo meia Rivaldo, é praticamente uma incógnita para o capitão William, que retorna de suspensão e recupera o lugar de Jean na defesa. "Fica difícil saber muito de outro time jogando sempre de domingo e quarta-feira", reclamou.

"Mas a comissão técnica vai passar bastante coisa para a gente em vídeo", garantiu William, que esboçou falar um pouco do adversário. "Trata-se de um time que mudou de treinador recentemente e tem o Alves, que atuou com a gente em 2008", recordou o capitão, em referência ao xará William Alves.

O embate com o Corinthians será também a estreia do técnico Paulo Campos, que assumiu nesta semana o cargo deixado pelo técnico Gelson Silva, demitido. "Sei da responsabilidade e estou preparado para assumir o compromisso", discursou o treinador, que inicialmente seria o técnico pessoal de Rivaldo no Bunyodkor, clube do Uzbequistão.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X MOGI MIRIM

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 11 de fevereiro de 2008, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Cleber Wellington Andrade
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Nilson de Souza Monção

CORINTHIANS: Felipe; Diogo, Chicão, William e Escudero; Fabinho, Elias, Lulinha e Morais; Jorge Henrique e Souza
Técnico: Mano Menezes

MOGI MIRIM: Fabiano Heves; Jackson, Thiago Couto, Neguette e Zé Rodolpho; Naves (Julio César), Gilberto, Luis Henrique e Giovanni; Joelson e Nando
Técnico: Paulo Campos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas