Dudu Dantas vence luta principal do Shooto Brasil 14

O público que compareceu a sede da Faculdade Bennett, no Rio de Janeiro, ficou satisfeito com mais uma edição do Shooto Brasil. O evento, organizado por André Pederneiras, contou com nove lutas, e feras como Dudu Dantas, Hacran Dias e Paulo Guerreiro, que não decepcionaram, fazendo valer o favoritismo em suas disputas.

Dudu Dantas (Nova União) estava escalado para enfrentar Carlos Alberto Betão na luta principal da noite, mas uma infecção acabou tirando Betão do card e Carlos Roberto (JT Caverna) foi chamado em cima da hora para substituí-lo. E não fez feio. Em um combate muito movimentado, com muita trocação e luta no solo, o primeiro round foi parelho, mas no segundo Dudu fez valer de sua maior experiência. Logo após receber um forte cruzado, Dudu se recuperou, aplicando um knockdown e definindo a luta com uma série de socos, conquistando o nocaute técnico aos 46 segundos.

Na luta feminina, Claudia Gadelha (Nova União) impôs seu jogo contra Aline Nery (Beto Padilha), aplicando boas quedas e controlando sua adversária no chão. Mesmo cansada, Gadelha manteve o domínio e levou a vitória na decisão dos jurados.

Já Henrique Mello (Nova União) não teve muito trabalho contra Wellington Berguinho (Beto Padilha/Pejor). O faixa-preta buscou levar o combate para o solo e, mesmo ficando por baixo, encaixou um triângulo, finalizando seu oponente.

Outra fera em ação foi Hacran Dias (Nova União), que encarou Sidney Lessa (Relma). Hacran trabalhou seu Jiu-Jitsu, chegando às costas de seu adversário, onde finalizou com um bem ajustado mata-leão.

Felipe Oliviere (Boxe Thai/Nova União) teve pela frente Alan Chatuba (Relma) e mostrou que segue evoluindo.O lutador imprimiu seu ritmo em pé, e Alan não fugiu da troca franca, mas acabou nocauteado aos 3m49s.

O experiente Paulo Guerreiro (Fighter Sport) usou um grande arsenal de quedas e sua vantagem em pé para dominar a luta contra Mauricio Facção (Gracie Barra) e levar a vitória na decisão dos jurados após três rounds.

O duro atleta de Natal, Dinarte (Kimura/Nova União), enfrentou Junior Beba (Malhado), e não teve moleza. Buscando a finalização o tempo todo, Dinarte encontrou dificuldades contra Beba, que não fugia da luta, aceitando a luta de chão e a troca de golpes. Ao final dos três rounds, Dinarte levou a vitória na decisão dos jurados.

Albino Mendes (Minotauro Team) ia bem em sua luta contra Zeilton Nenzão (Pejor/Delfim), derrubando e controlando seu adversário, mas Nenzão encaixou uma guilhotina e finalizou seu adversário, faturando a vitória aos 4m54s do segundo round.

Na primeira luta da noite, Rene Forte (Nocaute Fight) venceu Julio Cesar Merenda (TFT) na decisão dos jurados.

Fique ligado no Portal do Vale Tudo e confira nos próximos dias uma galeria de fotos exclusiva do evento.

Fonte: UOL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas