quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Brasil vence Suíça de virada e agora vai enfrentar a Itália por vaga nas semi

Seleção termina primeira fase da Copa do Mundo de forma invicta.

De virada, a seleção brasileira venceu a Suíça por 4 a 2 e se classificou para as quartas de final da Copa do Mundo de futebol de areia, em Dubai, em primeiro lugar no grupo D. A equipe vai enfrentar a Itália, segunda colocada do Grupo C, na sexta-feira, às 13h30m (de Brasília). O Brasil terminou a primeira fase de forma invicta, depois das vitórias sobre Nigéria (11 a 5) e Bahrein (8 a 1).



O brasileiro Sidney tenta passar por Ziegler: foi o jogo mais difícil para o Brasil na primeira fase

Antes da competição, o técnico Alexandre Soares já havia alertado que a Suíça seria o adversário mais difícil do grupo. As previsões estavam corretas. Além de ter pela frente um time muito bem organizado taticamente, os brasileiros foram surpreendidos por uma atuação de gala do goleiro Valentin, que fez defesas espetaculares, principalmente no último período.

O jogo começou complicado para o Brasil, com a Suíça abrindo o placar logo no primeiro minuto de jogo. Em uma falha da defesa, o goleiro Mão soltou a bola nos pés de Stankovic, que fez 1 a 0. Os brasileiros tinham dificuldade de sair da marcação do adversário e não conseguiam finalizar. Até que aos 10m, em uma jogada individual de Benjamim, a seleção empatou: numa reposição rápida do goleiro Mão, o veterano atacante driblou os dois zagueiros suíços e chutou sem defesa para Valentin.

No segundo período nenhuma das equipes conseguiu ampliar. A forte marcação da Suíça fazia com que o Brasil não chegasse ao gol. A solução era chutar de longe, mas nas poucas vezes que o Brasil arriscou, o goleiro Valentim fez boas defesas. Do lado brasileiro, Mão garantia o empate.

Em nova falha da defesa brasileira, a Suíça voltou a ficar à frente no placar no terceiro período. Aos 2m, numa indecisão do goleiro Mão e do zagueiro Buru, Stankovic, por cobertura, fez 2 a 1. Aos 5m, no entanto, a história começou a mudar para o Brasil. Em um erro na saída de bola suíça, André, na velocidade, empatou. A virada veio dois minutos depois. Em uma disputa no ataque brasileiro, Kaspar colocou a mão na bola. Pênalti que Benjamin cobrou com categoria. Faltando um minuto para o fim do jogo, Bruno Malias pegou uma sobra e, com tranqüilidade, tirou o goleiro Valentim da jogada e fez 4 a 2.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário: