Pular para o conteúdo principal

Mitos corporativos

A crise é um momento em que as carências são reveladas. A crise financeira internacional colocou o administrador diante de um labirinto. Os balanços financeiros, auditados por exércitos de contadores, transformaram-se em mitos decadentes, diante de previsões de um rigor que nunca se realizou ou se realizará. As matérias corporativas com controle perfeito de processos administrativos, entre eles o financeiro, viraram pó e deixaram de ser história. O administrador, que tem o controle total nas mãos, é um desses mitos destroçados. No cemitério da retórica, jaz o mito da sociedade da responsabilidade corporativa, na qual o emprego virou o seu maior indicador. Pelo menos é o que muitos empresários estão dizendo.

Volta com força a filantropia e seus mitos. Andrew Carnegie, escocês que virou empresário nos Estados Unidos é um deles. No final do século XIX, chamado pela imprensa e pelos sindicatos da época de "barão ladrão", bradou que os ricos tinham a obrigação moral de dividir suas riquezas acumuladas. Carnegie cumpriu a palavra à risca ao gastar em torno de 350 milhões de dólares em caridades. É dele a condenação bíblica que anuncia que "o homem que morre rico, morre desonrado".

Mito, por definição, é algo totalmente não explicável. Assim, a narrativa mitológica está sempre aberta para a imaginação. E, aquilo que é completado pelo narrador, sempre será impreciso e fantasioso. Carnigie é mito porque a sua história é imprecisa. É um homem bom ou um "barão ladrão"?

A narrativa do que é transcendente atrai a poesia. A narrativa financeira é um espanta lirismo, um desfile quantitativo sufocante e enquadrado.

Engana-se, porém, quem acredita que as narrativas sobre as pirâmides financeiras de Bernard Madoff não produzirá narrativa mitológica. A persona inventada por Madoff tinha um currículo vitae corporativo impecável, produzido para provocar a cobiça de head-hunters e premeditado o suficiente para passar longe de um boletim de ocorrência. Afinal quem desconfiaria daquele que foi duas vezes presidente da Nasdaq? Mas Madoff acenou para investidores muito experientes com a possibilidade de retornos fabulosos no curto prazo e desapareceu com cerca de US$ 50 bilhões deles.

A lenda do labirinto nos lembra que no emaranhado de corredores é possível encontrar o Minotauro. Como narrativa mitológica, ela é mais crível do que os relatos das grandes revistas e jornais econômicos, que só noticiam o que é matemático e consolidado. A falta de dinheiro em grandes bancos globais é uma narrativa a ser preenchida. Se o jornalismo não o fizer com competência, os correntistas talvez o façam com a velocidade da fantasia e do pânico. Quer situação mais mitológica que a quebra de sigilo pelo sistema bancário suíço?

Fonte: Paulo Nassar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

O que são adivinhas, advinhações, o que é o que é, folclore, humor, cultura popular
Adivinhas: humor e desafioO que sãoAs adivinhas, também conhecidadas como advinhações ou "o que é, o que é" são perguntas em formato de charadas desafiadoras que fazem as pessoas pensar e se divertir. São criadas pelas pessoas e fazem parte da cultura popular e do folclore brasileiro. São muito comuns entre as crianças, mas também fazem sucesso entre os adultos.Alguns exemplos de adivinhas:- O que é que é surdo e mudo, mas conta tudo?
Resposta: o livro- O que é o que é que sempre se quebra quando se fala?
Resposta: o segredo- Ele é magro pra chuchu, tem entes mas nunca come e mesmo sem ter dinheiro, dá comida a quem tem fome?
Resposta: o garfo

- O que é que passa a vida na janela e mesmo dentro de casa, está fora dela?
Resposta: o botão- O que é o que é feito para andar e não anda?
Resposta: a rua- O que é o que é que dá muitas voltas e não sai do lugar?
Resposta: o relógio- Qual é a piada do fotógr…

Frases de Amor e Frases Românticas

Frases de Amor e Frases Românticas, belas palavras de carinho, frases perfeitas para você se declarar ao seu amor. Agrade quem você ama com essas belas frases de amor, de amizade, de carinho…



“Ainda que nas noites frias e solitárias, sinto o vento me acariciar, mas ao mesmo tempo me lembro de você ao meu lado a me amar…”
Roberto Klaro



“Um dia ousei sonhar um amor, e nos seus braços senti paz, na imensidão do seu prazer me realizei, e então acordei desse sonho fora da lei!”
Adriana Mallet



“A velocidade do amor é proporcional às concentrações de respeito, humildade, alegria, amizade, sinceridade e compromisso presente na vida de cada um de nós, multiplicada por uma constante essencial em nossos corações: a capacidade de amar.”
Edilene Gadelha



“Ao tocar seu coração pude sentir algo diferente acontecer,forte como um vendaval e lindo como um amanhecer.”
Alan Capato



“Se tudo o que existe no mundo possuísse uma fonte de energia, com certeza a minha seria você.”
Willians Levi

“O verdadeiro amor não traz…

Cronologia (1960 – 2008)

---------------------------------------------------------------------

1960

---------------------------------------------------------------------







13.fev.1960 - A França explode sua primeira bomba atômica.

14.fev.1960 – Um grupo de sobralenses funda o Rotary Clube de Sobral. Sua primeira diretoria estava assim constituída – Presidente: José Silvestre Saboia de Albuquerque (Zeca); Vice-presidente: José Mendes Mont’Alverne (Dr. Zé Alverne); Secretário: Armando Homem de Siqueira; Tesoureiro: Raul Vieira Lima; Diretor de Protocolo: Antonio Albuquerque Lopes; Diretores sem pasta: Edmundo Monte Coelho e José Walmir Frota.

05.mar.1960 - Após dois anos servindo o Exército, Elvis Presley retorna à vida civil.

02.abr.1960 - Em acordo assinado com a França, a ilha de Madagascar torna-se um Estado independente dentro da comunidade francesa.

03.abr.1960 - Uma coligação entre radicais e conservadores ganha as eleições gerais no Chile.

04.abr.1960 - É realizada a entrega do Oscar nos EUA. Foram agraciados …