Conheça algumas curiosidades do clássico desta tarde!!!

Corinthians e Santos entrarão logo mais no estádio do Pacaembu para realizar o 291° jogo deste histórico clássico alvinegro de São Paulo. Realizado desde 1913, este é o clássico mais velho do Estado, porém, apenas depois da década de 50 é que o jogo passou a ser considerado de fato, um clássico.

Ao todo a vantagem do Timão é muito maior, são 116 do time da capital contra 92 do time do litoral. Em gols marcados a vantagem também é do Corinthians, com 531, contra 437 do Santos. Em 1920 foi registrada a maior goleada deste clássico, uma vitória corinthiana por 11 a 0, dentro da Vila Belmiro.

Curiosamente entre os jogos envolvendo os quatro grandes do Estado, o único que não tem um apelido é exatamente entre Santos e Corinthians.

Jogos históricos entre os rivas:

1913 – O Corinthians perdeu para o Santos por 6 a 3, este foi o primeiro jogo entre os dois times;

1931 – Com uma vitória por 5 a 2 sobre o Peixe, o Timão sagrou-se Campeão Paulista de 1930, apesar da final ter sido disputado em janeiro de 31;

1935 – O Santos, que brigava pelo título, venceu o Corinthians, que fazia figuração no campeonato, dentro do Parque São Jorge por 2 a 0 e conquistou o Campeonato Paulista daquele ano;

1978 – Mais de 120 mil pessoas acompanharam a vitória do Corinthians, por 1 a 0, sobre o Santos no Morumbi. Até hoje o maior público do clássico;

1984 – Serginho Chulapa marcou o único gol da vitória santista por 1 a 0 sobre o Corinthians, no Morumbi e fez o peixe Campeão Paulista deste ano;

1996 – Jogando na Vila Belmiro, Marcelinho Carioca recebe de Tupãzinho e com um toque de calcanhar encobre o zagueiro Ronaldo Marconato e antes da bola cair no chão, o Pé-de-Anjo bate de chapa no canto do goleiro Edinho – filho de Pelé – e faz um dos gols mais belos da história do clássico. O Rei Pelé homenageou o camisa sete corinthiano com uma placa. O jogo, pouca gente lembra, terminou em 2 a 2;

2001 – Semifinal do Campeonato Paulista e o Corinthians vence o Santos por 2 a 1, gol de Ricardinho aos 48 minutos do segundo tempo, que eliminou o Peixe comandado por Geninho e levou o Timão de Vanderlei Luxemburgo à final e posteriormente ao título Paulista;

2002 – A revanche do Santos veio com gosto, graças às épicas pedaladas de Robinho pra cima de Rogério. O Peixe venceu o jogo por 3 a 2 e foi Campeão Brasileiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas