Corinthians despacha Santos e vence primeiro clássico!!!

Corinthians e Santos: clima amistoso entre os jogadores, mas o pau quebrou no setor reservado ao torcedores do Santos. Muita gente para pouco espaço. Atrito com a Polícia Militar foi fatal. Algumas prisões, correria e bola rolou sob os protestos dos peixeiros. Em campo, Ronaldo e Neymar se cumprimentaram discretamente.

Fabiano Eller faz falta em Boquita na entrada da área. Chicão bateu e o goleiro Fábio Costa defendeu no centro do gol. Dentinho partiu para cima de Lusinho. Lateral caiu e agarrou a bola. Falta outra vez. Douglas cobra escanteio, Ronaldo cabeceia para fora. Iniciativa no começo do jogo era toda do Timão, empurrado pela Fiel.

Susto

Santos respondeu com cruzamento de Lusinho para cabeçada torta de Kléber Pereira. Equipe do técnico Mancini tinha três atacantes (Roni, Neymar e Kléber Pereira), mas recuou demais. Já o Coringão erra passes demais no meio-campo e não se aproveitava do Peixe "travado".

Bola na grande área santista, Dentinho de cabeça sem direção. O mesmo acontecendo do outro lado, em conclusão de longe de Rodrigo Souto. Volan te dá carrinho bobo em corintiano e leva o primeiro cartão amarelo da partida.

Dentinho, GOL, GOL, GOL

Douglas percebeu Dentinho entrando livre pelo miolo da área. Cruzamento perfeito e o garoto de ouro do Timão meteu a cabeça na bola e abriu a contagem: 1 a 0. Santos sente o golpe. Ronaldo rouba bola de Germano, rola para Dentinho, que dá a Douglas. Meia entrou sozinho e chutou em cima de Fábio Costa.

Germano entra duro em Boquita e leva cartão amarelo. Ronaldo arriscou da intermediária e Fábio Costa pegou firme. Boa triangulação pela direita e má conclusão de Alessandro. Douglas viu Ronaldo no meio da zaga, deu belo passe, mas camisa 9 do Timão esta impedido.

Neymar arrisca

Depois do gol e da consequente pressão, Timão recuou. Mancini mandou Peioxe marcar sob pressão a saída de bola do adversário e partida ficou mais equilibrada. De fora da área, Lúcio Flávio manda por cima do gol de Felipe. Fabão apelou e deu um tapa na cara do corintiano Dentinho. Nem cartão amarelo levou. De novo, Lúcio Flávio arriscou e nada.

Neymar tentou de fora da área, em seu primeiro lance ofensivo, e Fábio Costa tocou para escanteio. No último lance do primeiro tempo, Ronirolou para Kléber Pereira. Felipe saiu bem e salvou. Mas árbitro Rodrigo Cintra anulou a jogada, alegando impedimento.

Para cima

Mal começou a etapa final, e árbitro marcou falta inexistente de William em Roni. Lúcio Flávio cobrou, bola desviou na barreira. Santos precisava sair para cima. Resultado complicaria equipe da Vila Belmiro na tabela de classificação do Paulistão. Técnicos não fizeram alterações nas equipes.

André Santos levou cartão amarelo em falta forte em Luisinho. Escanteio e lance confuso. Bola veio, Felipe saiu mal do gol. Bola batreu nas costas do corintiano e, caprichosamente, passou pela trave direita. Neymar, na cara do goleiro, bateu em cima do bruto.

Fiel acorda, Neymar sai

Triguinho perdeu o pique da bola. Ronaldo recebeu livre e mandou na Praça Charles Muller. Lance serviu para agitar a Fiel no Pacaembu. Árbitro errou, não marcou impedimento de Ronaldo. Camisa 9 mandou para fora outra vez. Fábio Costa tocou nela. Ronaldo "matou" errado, bola sobrou para Chicão. Para fora. Neymar, então, saiu para a entrada de Madson. Torcida santista vaiou treinador Mancini.

Lusinho toma amarelo por falta em Dentinho. Mancini cansou das presepadas do lateral e resolveu tirá-lo para colocar Pará. Timão todo recuado. Fenômeno tinha de voltar até o meio-campo para buscar jogo. Germano derruba Dentinho no bico da grande área santista. No rebote, Chicão cruza e William quase atrapalha Fábio Costa.

Cai ritmo e Ronaldo sai

Técnico Mano Menezes tirou Elias e colocou Fabinho. Volante estava cansado demais e vinha de contusão. Pará, então, cruzou para cabeçada estranha de Rodrigo Souto que, inclusive, atrapalhou Kléber Pereira. Timão esqueceu o ataque e resolveu administrar o resultado faltando 15 minutos para término do jogo.

Ronaldo arriscou dar uma arrancada, como nos velhos tempos. Chegou sem fôlego no lance, mas mesmo assim chutou de longe. Fiel gostou. Kléber Pereira dominou, girou e Felipe catou firme. Mano, então, substituiu Ronaldo por Jorge Henrique. Lúcio Flávio deu lugar a Paulo Henrique. Morais entrou no lugar de Dentinho. Santos acomodou-se. Teve mais domínio de bola. Timão fez um gol e levou com a barriga.

Fonte: Chico Lang

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas