domingo, 30 de agosto de 2009

Sem reforço, Corinthians vê Marcelo Oliveira 'aquecer' disputa caseira na lateral

O Corinthians perdeu Douglas e contratou Defederico. Perdeu Cristian e acertou com Marcelo Mattos. Negociou André Santos, mas não conseguiu fechar com Sylvinho e tem dificuldade para encontrar outra opção. Por isso, Mano Menezes precisará achar uma solução dentro do elenco para suprir tal carência pelo menos nesta temporada. E com Marcelo Oliveira de volta, a disputa tem até cinco aspirantes.

O favorito é justamente Marcelo Oliveira. Foi o volante quem entrou no lugar de André Santos enquanto o então titular estava na Copa das Confederações. E ficou no clube em vez de ir para a Ucrânia após a negociação do titular. No entanto, uma séria lesão muscular sofrida diante do São Paulo, no final de junho, o afastou temporariamente da briga.

Na última quarta-feira, Marcelo Oliveira retornou ao time durante o duelo contra o Barueri, no empate por 2 a 2. Apesar de estar sem ritmo, teve uma atuação satisfatória nos minutos em que ficou em campo. Acertou cinco passes, não errou nenhum, deu um chute a gol e conquistou um escanteio, segundo o Datafolha.

Mano, porém, ainda é cauteloso na definição de quem será o titular diante do Santos, às 21h50 da próxima quarta-feira, no Pacaembu. "Vai depender da semana de trabalho que temos pela frente. O Marcelo entrou bem no jogo, mas ainda precisa de ritmo", alertou o treinador.

E ritmo é o que não falta para seu principal concorrente: Marcinho foi titular na lateral esquerda em cinco dos dez jogos do Corinthians após a saída de André Santos. Diego (três partidas) e Bruno Bertucci (duas) também foram observados. Dodô foi integrado ao profissional, mas ainda não jogou.

"A continuidade do trabalho neste semana pode dar o ritmo que falta para o Marcelo Oliveira, mas ritmo é algo que o Marcinho já adquiriu. Vamos analisar", acrescentou Mano, sem revelar sua preferência para manter a disputa entre os aspirantes.

Além da maior sequência recente, Marcinho tem a seu favor as bolas paradas. O meia fez um gol de falta no empate por 3 a 3 com o Botafogo e converteu pênalti diante do Barueri. Na última quinta, o jogador avisou que pretende se dedicar à lateral esquerda. A disputa está aberta.

Fonte: UOL

Nenhum comentário: