Rapidinhas

A culpa é do bandeira - Dentinho isentou o árbitro Arilson Bispo da Anunciação de culpa pelo gol do Botafogo em que André Lima usou a mão. "Para o juiz, que estava atrás, era mais difícil ver o lance. A jogada era do bandeira", explicou o jogador.

Novo hermano - Questionado sobre o novo reforço corintiano, De Federico, Dentinho lembrou de outro argentino que passou pelo Parque São Jorge. "Dizem que ele é um excelente jogador. Espero que ele seja um ídolo igual foi o Tevez", afirmou.

Nocaute de popularidade - O pugilista argentino Orlando Farias chegou a São Paulo no mesmo voo de Matías De Federico. Uma senhora reclamou que ninguém deu atenção ao lutador de boxe, adversário do brasileiro Raphael Zumbano pelo título latino, nesta terça-feira. "Só futebol não dá, não é?", protestou.

Elogio do 'pai' - Na semana passada, mesmo tendo marcado um gol contra o Atlético-MG, Dentinho levou um puxão de orelha de Ronaldo, a quem chama de "pai". A cena se repetiu nesta segunda-feira, um dia depois de seus dois gols sobre o Botafogo. "Pai sempre dá um cornetada. Ele falou que o gol contra o Galo não valeu porque a bola desviou no zagueiro. Hoje de manhã, ele disse que dessa vez o gol valeu".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas